Arquivos sabonete antisséptico - AudaxCo

CABECALHO-BLOG-1.jpg

O que é a Influenza?

É uma infecção causada pelo vírus da influenza, mais conhecida como gripe. Trata-se de um quadro agudo do sistema respiratório, com altas taxas de transmissão e também responsável por muitas hospitalizações, especialmente dos grupos de alto risco.

Quais são os principais sintomas da gripe?

Vale a pena conhecer as diferenças entre o resfriado e a gripe. O resfriado tem um quadro mais leve e é causado por rinovírus ou coronavírus (diferente do responsável pela COVID-19).

Já a gripe se apresenta de maneira mais grave. É importante ficar atento aos sintomas, já que a doença costuma ter melhoras depois de cinco dias a partir do início dos sintomas. Mas também é comum que eles se estendam por mais de uma semana e, até mesmo, que a pessoa acometida demore semanas para se restabelecer de forma completa, especialmente pela fraqueza decorrente da doença.

  1. Febre

É comum que um quadro de gripe apresente febre superior a 38°C, mas isso não significa que não é preciso estar atento ao sintoma nem buscar manter a temperatura sob controle de acordo com a orientação médica.

  1. Dor de garganta

Por ser uma doença que ataca as vias respiratórias, é comum que a garganta seja afetada em um episódio de gripe.

  1. Tosse

A tosse é outro sintoma inicial bastante possível, e é comum que ela seja inicialmente seca.

  1. Dor no corpo

As dores no corpo também são uma queixa recorrente, e podem vir acompanhadas de fadiga e prostração que podem demorar semanas para irem embora.

  1. Dor de cabeça

A dor de cabeça em si é um sintoma da gripe, mas ela também pode ser originada das inflamações no rosto decorrentes da doença.

Como tratar os sintomas de gripe?

Na maioria dos casos, as pessoas saudáveis superam uma gripe sem grandes intervenções: um tratamento de suporte, com antitérmicos, analgésicos, hidratação e repouso são suficientes para que o organismo se restabeleça.

Em algumas situações, medicamentos antivirais são administrados para combater especificamente os vírus e apenas um médico pode indicá-los.

Vale lembrar que os antibióticos devem ser utilizados somente contra infecções bacterianas, o que não inclui as enfermidades causadas pelo vírus influenza.

Gripe x COVID-19: qual a diferença?

Ambas são infecções respiratórias causadas por vírus de fácil propagação e que sofrem modificações ao longo do tempo. Os sintomas das duas doenças também podem ser parecidos, o que ajuda a confundir ainda mais.

Mas existem algumas diferenças: em primeiro lugar, as famílias dos vírus causadores das doenças são distintas. O tempo da incubação também é diferente: enquanto a gripe demora cerca de 4 dias para se manifestar, a COVID-19 pode levar entre 5 e 14 dias para causar os sintomas — além dos casos assintomáticos.

Quando procurar um médico?

É essencial estar atento aos sintomas de uma gripe, tendo um acompanhamento médico capaz de indicar os melhores tratamentos — tanto para o alívio dos sintomas quanto para evitar a progressão da doença.

Apenas uma avaliação médica é capaz de identificar cada quadro e indicar as direções corretas para cada pessoa. Portanto, fique atento à evolução dos sintomas, especialmente após os primeiros cinco dias. E para os pacientes de risco, a indicação é buscar um profissional em casos de febre, prostração e falta de apetite.

Como se prevenir?

  • Lave frequentemente as mãos com bastante água e sabonete, de preferência antisséptico All Clean Sabonete Triclosan ou use Álcool Gel 70°
  • Evite aglomerações ou contato com pessoas infectadas;
  • Não leve as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo;
  • Não compartilhe copos, talheres ou objetos de uso pessoal;
  • Realizar limpeza dos ambientes com frequência;
  • Evite viagens para os lugares onde há casos registrados da doença;
  • E o mais importante: procure sempre assistência médica ao menor sintoma.

Atenção redobrada: Máscara e álcool gel

Embora as duas doenças sejam transmitidas pelo ar, elas possuem diferenças. Enquanto a Covid-19 tem uma alta transmissibilidade por meio de aerossóis, partículas microscópicas que expelimos ao falar, tossir ou espirar, o risco de contrair Influenza é maior ao tocar em superfícies contaminadas, então temos sempre que manter as mãos limpas.

——————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————–

ALL CLEAN SABONETE ANTISSÉPTICO TRICLOSAN

Assepsia e limpeza das mãos para ambientes que exigem higienização eficiente. Possui 0,1% de triclosan em sua formulação, agente antisséptico efetivo contra bactérias e fungos.

 

 

 

 

ALL CLEAN GEL HIGIENIZADOR DE MÃOS 70°

Produto balanceado que, além de higienizar, não resseca as mãos. Tem em sua formulação extrato natural de Aloe Vera. Secagem rápida, eliminando 99,9% das bactérias.

 

 

 

Fonte: Hospital Albert Einstein

 


mockup-blog-Salvo-automaticamente-1280x854.jpg

Manter a higiene pessoal em dia é um caminho essencial para evitar estímulos externos e garantir a saúde de todo o organismo.

A importância da higienização correta das mãos aumenta à medida que a temperatura cai: no inverno a tendência é que ambientes permaneçam fechados, dificultando a circulação do ar e aumentando a proliferação de bactérias. Lavar as mãos da maneira certa é a melhor forma de mantê-las longe das bactérias!

A utilização de sabonetes hidratantes ou neutros evita a ocorrência de dermatites e irritações na pele. O ideal é que, quem possui pele seca ou lava as mãos muitas vezes ao dia, utilize creme hidratante com frequência. A utilização de sabonetes antissépticos é indicada em situações especiais de infecções em locais como: clínicas, hospitais, consultórios, indústrias alimentícias e restaurantes.

A técnica certa de lavagem de mãos inclui etapas como, lavar os punhos e as pontas dos dedos, passos importantes para evitar contaminações ao levar as mãos aos olhos, nariz ou boca. Essa é a forma mais comum se infectar com doenças como gripes, infecções respiratórias e intestinais e Rotavírus. Também é preciso lavar pelo tempo certo: o ideal é demorar em torno de 1 minuto e meio no procedimento.

Aprenda, com o passo a passo abaixo, a maneira correta de fazer essa higienização:

1. Comece a lavagem com movimentos circulares dos dedos de uma mão na palma da outra.

2. Entrelace as duas mãos para higienizar as “costas” delas e, principalmente, a região entre os dedos.

3. Repita o processo de dedos cruzados — agora com as palmas juntas.

4.  Para assear as unhas, deixe as mãos em forma de concha e faça movimentos verticais uma na outra, juntando-as  em sentido oposto.

5. Com a mão ainda em forma de concha, fechada, desenhe círculos na palma.

6. Use água corrente para tirar o sabão (e as bactérias) de sua pele.

7. Se possível, feche a torneira com um papel ou uma toalha para não se sujar de novo.

8. Por fim, seque bem as mãos com uma toalha limpa ou um pedaço de papel.

Álcool em gel

O álcool gel em concentração 70% também pode ser utilizado para higienizar as mãos. Em geral o produto possui a mesma eficácia da lavagem com água e sabão, mas existem exceções: a lavagem não deve ser substituída pelo álcool se as mãos estiverem com sujeira aparente ou em situações de alta contaminação, como após usar o banheiro.

Fonte: Revista Saúde / Brakey

A AudaxCo possui uma linha completa de Higienização das Mãos que garantem a limpeza e assepsia com produtos com alto teor de ativos e fragrâncias diferenciadas, que proporcionando maior poder de higienização. Conheça mais em nosso site.


15-1280x854.jpg

Lavar as mãos é um hábito tão corriqueiro, que muitas vezes nem pensamos nos produtos que estamos usando, por isso hoje vamos explicar as principais diferenças entre os sabonetes comuns e os antissépticos e quais são suas principais indicações de uso.

O sabonete comum, como o próprio nome já diz, é indicado principalmente para uso diário, esse tipo de produto contém ativos que proporcionam a limpeza das mãos e ingredientes umectantes e emolientes para deixar as mãos macias e normalmente são produzidos com suaves fragrâncias.

Já os sabonetes antissépticos são indicados principalmente para uso em hospitais, indústrias alimentícias e restaurantes. Sua fórmula contém triclosan, um agente antisséptico que atua contra bactérias e fungos.

Agora que você já sabe qual sabonete é mais indicado para sua necessidade, acesse nosso site e conheça nossa linha completa de sabonetes.


QUERO COMPRAR



    Mensagem

    X
    QUERO COMPRAR