Luciana Bozzi

CABECALHO-BLOG-1.jpg

13/04/2021by admin
De janeiro a julho de 2020, impulsionado pelo surgimento da Pandemia, o setor de saneantes cresceu quase 6%, com ênfase em itens como água sanitária e desinfetantes. Porém, sentiu dificuldades em encontrar matérias primas, embalagens e insumos, causando instabilidade no segmento, no final do ano.
O ano de 2021, traz perspectivas de expansão um pouco menores, porém ainda assim, positivas, estima-se um crescimento de 3% no primeiro semestre.
A verdade é que há um consenso de que a limpeza e a desinfecção são essenciais para a saúde física e mental. A limpeza, seja ela a doméstica ou profissional, sempre foi fundamental, e agora, torna-se questão de sobrevivência. A indústria tem um papel substancial, em oferecer produtos que sejam eficientes e confiáveis.
O consumidor deverá manter o foco na sanitização de seus lares, a preocupação com a desinfecção, mesmo com o final ou controle da pandemia, deverá continuar.
 Estima-se que permanecerão no topo da pirâmide de consumo os itens mais básicos, como água           sanitária e desinfetantes, uma vez que, os consumidores procuram por itens eficientes e de baixo         custo, já que a renda da população foi em sua maioria, severamente afetada com a pandemia.
 Vale ressaltar que o potencial de consumo dos produtos de higiene, limpeza e saneantes, no Brasil,   não é um gasto tão baixo, são em média US$ 89, anuais por residência, contra cerca de US$ 200 nos   Estados Unidos.
  Os produtos que possuem a característica de combate à Covid-19 terão destaques no mercado. O   consumidor entende que higienizar e desinfetar não é um hábito passageiro e sim, uma prática que   veio para ficar, um exemplo disso é o uso do álcool em gel.
  A AudaxCo tem um portfólio completo para Limpeza e Desinfecção, profissional e Doméstica,   conheça mais em www.audaxco.com.

cabecaho-2.jpg

22/03/2021by admin

Um ato rápido, simples, barato e muitas vezes negligenciado, lavar as mãos pode literalmente salvar vidas.

Segundo estudo realizado pela Michigan State University, nos Estados Unidos, em 2013, apenas 5% das pessoas lavam as mãos corretamente. O estudo foi baseado na observação do comportamento de 3.749 pessoas em banheiros públicos: 33% não usaram sabonete, 10% sequer lavaram as mãos e apenas 5% lavaram as mãos por tempo suficiente para eliminar todos os germes causadores de doenças.

Trouxemos aqui 10 mitos e verdades sobre Higienização das Mãos, vamos conferir?  

 

1) Para lavar as mãos preciso tirar a aliança, anel ou relógio. 

 

   É importante tirar esses objetos ao lavar as mãos porque microrganismos podem estar acumulados embaixo deles. O mesmo é         indicado para o preparo de alimentos, o cuidado com algum paciente ou tratamento de machucados, mesmo que não vejamos,       no menor espaço possível, o perigo está lá. Para ficar protegido, evite o uso desses objetos durante a pandemia.

 

2) Sabonete líquido é melhor do que o sabonete em barra? 

 

  DEPENDE. Os sabões (sólidos ou líquidos) têm a mesma eficácia para a limpeza das mãos. O importante é lavar várias vezes ao     dia. Porém, quando você tem o sabonete líquido, em um dispenser ou em um pump, ele fica protegido do ar e quaisquer outras   contaminações, o sabonete em barra, que não estiver devidamente acondicionado em uma saboneteira limpa e seca pode ser   também um local de acúmulo de sujeira.

 

 

3) O detergente também pode ser usado para a lavagem das mãos. 

 

 VERDADE, porém depende. Na falta de sabão e álcool em gel, podemos usar o detergente. No entanto, ele não é o mais   indicado. Como eles não foram feitos especificamente para a lavagem das mãos, podem provocar um ressecamento levando à   microfissuras na pele, o que pode facilitar a entrada de microrganismos no corpo.

 

4) As mãos só estarão 100% limpas depois de lavar e passar álcool em gel. 

 

  MITO. Não é preciso passar álcool em gel depois de lavá-las com sabonete, seguindo todo o protocolo de lavagem e tempo     necessários.

 

 

5) Quando o álcool em gel começa empelotar ele deve ser descartado. 

 

  MITO. Devemos sempre manter o álcool em recipiente adequado para ser utilizado. Pode ser que ele resseque no bico de saída,     mas isso não quer dizer que perdeu sua utilidade. Basta retirar essa parte e manter o uso.

 

 

6) Devemos lavar as mãos impreterivelmente de 2 em 2 horas.  

 

  MITO. Deve-se lavar as mãos sempre que necessário. O tempo não é fator primordial. Depois de coçar ou assoar o nariz, após ir    ao banheiro, antes e depois de tocar em machucados, depois de mexer no lixo, antes de manusear alimentos, antes de tocar em     objetos de bebês (tudo eles levam à boca), ao chegar em casa, ao chegar ou sair de qualquer ambiente fora de casa.

 

 

7) Higienizar as mãos demais prejudica as bactérias do bem. 

 

  MITO. A higiene das mãos mata as bactérias prejudicais e as benéficas, entretanto as últimas estão também nas camadas mais     profundas da pele. Por isso não existe isso de higienizar demais suas mãos. O importante é escolher um produto que proteja a   pele. Vale para o sabonete e para o álcool gel que deve ser específico para higiene das mãos e não para limpeza em geral.

 

8) Higienizar as mãos com álcool em gel é mais efetivo que com água e sabão. 

 

  VERDADE. Estudos demonstram que o álcool mata mais bactérias do que lavando as mãos com água e sabão, sendo mais     rápido e mais fácil de  ser   transportado. Por isso lembre-se de ter sempre um frasco com você. Porém existem situações que é     necessário a assepsia efetiva das mãos com sujidade visível ou em ambientes de assistências à saúde, por exemplo.

 

9) Não há segredo para lavar as mãos, fazemos isso desde crianças. 

 

  MITO. As áreas mais esquecidas na higiene das mãos são os polegares, pontas dos dedos e entre os dedos. Atenção à estas áreas.    Não adianta ter pressa também, uma boa lavagem de mãos deve durar de 40 segundos a 1 minuto. Claro que uma boa técnica     acaba afetando o tempo mínimo, tanto para a fricção com álcool gel ou a lavagem com água e sabão, mas não adianta ser   demorado e não friccionar todas as áreas.

 

10) A quantidade de álcool afeta na eficácia da eliminação dos microrganismos. 

 

  VERDADE. Por isso é bom o uso de dispensers ou pumps. Evita o desperdício, mas garante uma quantidade mínima. Se as suas    mãos são grandes, procure usar um pouco a mais para que todas as áreas recebam o antisséptico.

 

 

Gostou das nossas dicas? Compartilhe!


Banner-Site-EU_RECICLO-1920x1080px-1280x720.jpg

02/03/2021by admin

Cada um deve fazer a sua parte!

É por isso que a AudaxCo firmou uma parceria com o selo eureciclo.

Mas o que é o selo eureciclo?

O selo eureciclo funciona da seguinte forma: as marcas informam quantas toneladas de plástico, vidro, papel ou metais geraram com a venda dos seus produtos, e o selo eureciclo, calcula o passivo ambiental equivalente.

Com base nesse valor, as marcas pagam pelo serviço ambiental de forma proporcional à quantidade de embalagens que vendem. O pagamento pelo serviço é destinado às cooperativas de reciclagem que comprovam que estão operando formalmente e reciclando materiais equivalentes aos das embalagens.

Assim, as empresas recebem o selo comprovando seu engajamento com a reciclagem. Atualmente, a legislação brasileira demanda que pelo menos 22% do material gerado e exposto ao meio ambiente seja reciclado. Mas esse número tende e deve, crescer ainda mais.

A importância da destinação correta das embalagens plásticas 

A reciclagem do plástico é de extrema necessidade, pois a maioria deles não chega nas cooperativas de reciclagem, visto que são descartados incorretamente e, assim, vão parar em aterros sanitários. Alguns ficam por lá durante centenas de anos até se decompor. Outros, por serem muito leves, são levados pela chuva e pelo vento para rios e mares, chegando aos oceanos.

Hoje já se fala até que os microplásticos entraram para a nossa cadeia alimentar, através dos peixes, e que, se continuarmos assim, em 2050 haverá mais plásticos do que peixes nos oceanos. Notícia nada boa hein?

selo eureciclo é responsável por fazer a compensação ambiental de parte das embalagens produzidas pela AudaxCo, o que já é um grande avanço no que diz respeito ao seu impacto ambiental. Entretanto, a participação dos clientes é de extrema importância, pois são eles que decidem o que vai acontecer com a embalagem após o uso do produto. Acreditamos que um descarte adequado é a melhor maneira de ajudar, sendo socioambientalmente responsável !

Quais as vantagens da compensação ambiental? 

As vantagens são inúmeras! Os resíduos possuem três destinos ambientalmente corretos: reciclagem, aterros sanitários ou incineração com recuperação energética. Qualquer coisa que fuja disso, normalmente, se torna poluição ambiental.

Acontece que há 70 anos atrás isso não era um problema, mas com a modernização e produção em exponencial, as empresas cresceram muito, o consumo também, e por consequência, o lixo gerado cresceu nas mesmas proporções.

Essa aceleração permitiu que hoje existam mais de 7 bilhões de pessoas no planeta, onde 54% vivem em centros urbanos e desempenham um papel de consumo intenso em seus cotidianos.

Os produtos passaram então a ter o ciclo de vida mais curto, como forma de incentivar o consumo. Isso pode ser visto quando você compra um celular, em menos de um ano, ele já é considerado “antigo”, e na alimentação? Embalagens e mais embalagens! Você pede um delivery, e toda aquela embalagem, utilizada uma única vez, vai pro lixo!

A logística reversa, é o mecanismo de retorno dos resíduos, para que sejam reinseridos no ciclo de vida do produto, permite que parte desse impacto ambiental seja minimizado.

Como resultado temos:

Diminuição da contaminação do solo e água. Já que grande parte do que iria para aterros, lixões ou mar, passa a ser destinado para a reciclagem ou incineração com o obtenção energética e menor impacto sobre a perda de biodiversidade.

Recursos são finitos 

Esquecemos, mas, recursos são finitos. Eles acabam e se não forem extraídos com equilíbrio e reaproveitados as próximas gerações e todo o ecossistema poderão sofrer mudanças irreversíveis.

Ao adotar a solução eureciclo, a AudaxCo investe diretamente em uma rede de cooperativas e operadores parceiros, gerando incentivos para o aumento das taxas de reciclagem no país. Reuse, recicle, reutilize. Dê a destinação correta das embalagens utilizadas em sua casa.

Cada um, fazendo a sua parte!

 


Banner-Site-VOLTA-AS-AULAS-COVID19-1920x1080px-1280x720.jpg

26/02/2021by admin

2020 e 2021 serão marcados para sempre com a pandemia de Covid 19. Isso, é uma certeza.

O que ainda gera alguma dúvida é: como ficam a volta às aulas? Quais serão os cuidados necessários?

O que as escolas podem fazer para retomar a rotina com maior segurança para as todos?

Não há um posicionamento obrigatório orientado pelo MEC, sendo assim, cada escola usa de suas próprias regras, buscando soluções dentro de sua realidade e possibilidades, porém, todas as escolas devem ao menos atentar-se aos protocolos mínimos que referem-se à:

  • distanciamento social;
  • higiene pessoal;
  • desinfecção de ambientes.

Distanciamento social

A escola pode optar por manter o ensino de forma híbrida, dividindo as turmas para que uma parte esteja na escola, e outra parte dos alunos assistam a aula de forma on-line.

Intercalar horários de entrada e saída, e também nos intervalos. Manter o distanciamento entre as carteiras e também na hora do lanche.

Higiene pessoal

Um item do protocolo relativo a todos que frequentam o ambiente escolar: professores, funcionários e alunos: uniforme e jalecos não devem de maneira alguma ser utilizado fora do ambiente escolar, e na total impossibilidade de ser trocado e lavado todos os dias, deve ser borrifado Facilita Álcool 70° e deixado em local arejado e ventilado.

Uso obrigatório de máscaras de proteção durante o trajeto até a escola, que deverão ser trocada assim que chegar ao local. Lembrando que a troca a cada duas horas deve ser respeitada, para professores, é indicado ainda o uso de protetores Face Shields.

As mãos devem ser lavadas quantas vezes forem necessárias, principalmente após tossir ou espirrar, após a saída da sala para qualquer atividade, após o uso do banheiro, antes e após as refeições. O ideal é o uso de All Clean Sabonete Antisséptico Triclosan, devido a seu efeito residual.

Outra alternativa é deixar sempre disponível a cada aluno, All Clean Álcool Gel 70° para assepsia das mãos, sua fórmula, tem secagem rápida, não gruda e pode ser usado sempre que não for possível a lavagem das mãos usando água e sabonete.

Sanitização de Ambientes

Na entrada da escola, deve ser disponibilizado a todos o uso de um Tapete Sanitizante, contendo nosso poderoso desinfetante hospitalar, Assert HC 200 que é bactericida e não mancha tecidos e calçados. Também podem ser borrifados nas mochilas e outros acessórios o Facilita Álcool 70°.

Banheiros e corredores devem ser constantemente lavados com Gold Detergente Clorado e as cantinas e/ou restaurantes devem receber atenção especial com o uso de produtos químicos adequados ao uso em food service, que atendam a RDC 216 da Anvisa, sobre segurança alimentar. Nossa linha ProKitchen é a melhor opção para limpeza e desinfecção de cozinhas profissionais, cantinas e restaurantes.

Preparamos um conteúdo completo sobre os produtos e dicas de uso para sua escola. Clique AQUI para conhecer:


CABECALHO-BLOG-2.jpg

08/02/2021by admin

Chamada de “2ª onda da Covid-19”, após um período de falsa calmaria, a pandemia vem novamente assustando o mundo todo.

A verdade é que nunca houve um retrocesso da pandemia, a queda do número de casos foi reflexo direto das medidas adotadas, como distanciamento social, desinfecção dos locais de convívio, protocolos de segurança e assepsia das mãos.

Essa sensação ilusória de segurança, fez com que uma parte da população negligenciasse diversos cuidados importantes, que precisariam ser mantidos: aquela compra não higienizada, as mãos lavadas apressadamente, uma reunião com poucos amigos nos finais de semana. Foi acontecendo aos poucos, como se estivéssemos caminhando em direção ao mar calmo, e a cada passo para dentro do mar, fosse um cuidado a menos, até que, de repente, o mar traz uma onda enorme, e nos derruba fortemente. Agora, nadar é muito mais difícil e desgastante, e correr para a segurança da areia, novamente, é a melhor opção.

PROTOCOLOS DE DESINFECÇÃO QUE SALVAM VIDAS!

Embora nós estejamos bem cansados da pandemia e de toda essa mudança que ela nos trouxe, parece que nada disso vai acabar tão cedo.

Há sim a esperança da vacina, mas a espera não pode ser sinônimo de afrouxamento dos cuidados, e muitas dúvidas surgem quando o assunto é desinfecção.

Por isso, preparamos um e-book completo onde explicamos tudo sobre limpeza, higienização e desinfecção de ambientes, contendo dúvidas, perguntas e respostas sobre o assunto.

Amplie suas vendas, seja um distribuidor AudaxCo. Clique AQUI 


CABECALHO-BLOG-1.jpg

03/02/2021by admin

Qual o Melhor Álcool para Limpeza?

Muitos segmentos como restaurantes, bares, lanchonetes, áreas de assistência à saúde, áreas de ensino, empresas e até mesmo em casa utilizam o álcool na limpeza, com isso, muitas pessoas ficam com dúvidas sobre álcoois e suas funções. Então vem as perguntas:

Mas será que é certo utilizar qualquer álcool e em qualquer superfície?

E qual álcool utilizar?

Vamos esclarecer estas, e outras dúvidas.

Boa leitura!

O tipo de álcool correto para a limpeza com ação de desinfecção deve ser o álcool líquido 70°.

E porque o álcool 70° é mais eficaz como bactericida entre os demais álcoois?

Na área da saúde, “álcool” refere-se a dois compostos químicos solúveis em água – álcool etílico 70° (etanol) e álcool isopropílico 99° (absoluto) – que têm características diferentes em função de suas concentrações.

Em contrapartida, muitos perguntam: “Mas se o álcool 92°, 99° é mais forte, porque somente o álcool 70° tem ação de desinfecção?

Vamos entender melhor?

A Diferença entre Álcoois Líquidos 70° e 92,8°

O álcool líquido 70° possui 70% de álcool puro + 30% de água, ou seja, tem concentração exata para o efeito de eliminação dos microrganismos nocivos aos seres humanos.
Esta concentração retarda a volatilização do álcool permitindo maior tempo de contato com o microrganismo, tendo a ação de penetrar no DNA/ RNA da membrana, causar a desnaturação das proteínas, a destruição e por fim, a desinfecção.

 

O álcool líquido 92,8° é utilizado como veículo em formulações cosméticas e como limpador geral para assistência à saúde.
Devido sua alta concentração de 96% de álcool puro e 4% de água, sua volatização é muito rápida e em contato com as superfícies, NÃO causa a desnaturação das proteínas do microrganismo nem sua destruição, não tendo então a ação de desinfecção.

 

 

Características do Álcool Líquido 70°

1º: O álcool destrói a membrana celular externa por desidratação, afinal o álcool é higroscópico e hidrofílico.

: As moléculas de álcool penetram no citoplasma e, como resultado, precipitam as proteínas devido à desnaturação.

: Causa coagulação de enzimas responsáveis por atividades celulares essenciais. Quando se utiliza o álcool (etanol) 92,8 ou 99,6 para desinfecção, ocorre uma coagulação extremamente rápida, não havendo penetração no interior da célula, essa atuação ineficaz, ocorre devido à rápida volatilização do etanol nessa concentração.

 

Álcool Gel para das Mãos e Álcool Líquido para Superfícies Qual a Diferença?

Tipos de Álcoois

Álcool Hidratado

Os álcoois 92,8°, 95°, 99,6° de pureza são altamente inflamáveis. Os outros percentuais da solução incluem água e ativos em suas composições que causam amargura se houver contato com a boca, para evitar que as pessoas bebam o produto. Estes álcoois com as estas graduações não são indicados para a desinfecção de superfícies, somente limpeza, pois evaporam rapidamente pela pouca quantidade de água, não penetrando na célula dos microrganismos para matá-los, somente efetuando a limpeza leve de superfícies.

Álcool Anidro

Com 100° de pureza, esse álcool de uso industrial e é fogo na certa. Não deve ser utilizado para limpeza, já que evapora instantaneamente.

Álcool Gel

São considerados produtos de Grau II sendo registrados como antissépticos na categoria de cosméticos, com finalidade de higienização das mãos, pois em sua composição além de conter álcool 70%, contém emolientes que causam hidratação a pele, se quaisquer outros tipos de danos como queimadura ou ressecamento.

All Clean Álcool Higienizador de Mãos

O álcool 70° é o tipo mais indicado para a prevenção do vírus. Lembre-se que o álcool para as mãos é diferente do álcool para a limpeza. A versão em gel 70° para as mãos possui hidratante em sua composição, o que evita o ressecamento e queimaduras, que o líquido pode causar.

A correta higienização das mãos é, comprovadamente, a medida mais eficaz na prevenção de doenças e infecções.

All Clean Gel Higienizador de Mãos, é um produto balanceado que, além de higienizar, não resseca as mãos. Tem em  sua formulação extrato natural de Aloe Vera. De secagem rápida, e indicado para assepsia das mãos, é um excelente bactericida. Especialmente recomendado para ambientes como  cozinhas industriais, hospitais, comércio, escolas, indústrias alimentícias, clínicas, pet shops e consultórios.

 

 

 

Facilita Álcool Líquido 46°, Gel 46,2° e Gel 65°

Para Limpeza de Superfícies

O tipos de álcoois para limpeza são: 46° líquido, 46° gel, 65° gel, 92,8° líquido, que têm função para limpeza das superfícies, sem poder desinfecção.

Os limpadores à base de álcool, são utilizados para limpeza doméstica em geral, de fácil aplicação e sem agressão à superfícies.

Indicados para superfícies laváveis em geral. Ideal para limpeza de vitrines, espelhos, vidros, pisos, fórmicas, azulejos, bancadas de mármore, equipamentos e utensílios.

 

 

 

 

Facilita Álcool Líquido 92,8°

Para Limpeza de Superfícies

O álcool 92,8° somente é vendido para uso profissional, este não se encontra em gôndolas de supermercados.

Desenvolvido para limpeza profissional, pode ser utilizado como limpador geral.

Com secagem rápida, sua finalidade é para uma limpeza sem resíduos ou manchas.

 

 

Facilita Álcool Líquido Bactericida 70°

Para Desinfecção de Superfícies

Com 70° de pureza na fórmula, a queima é menos intensa e a evaporação é mais lenta, tornando esse tipo de álcool mais eficiente para desinfetar. Utilizado para limpeza profissional na desinfecção de ambientes como: hospitais, clínicas, farmácias, consultórios, postos de assistência à Saúde e residências. Tem comprovada eficiência contra microrganismos, como: Staphylococcus aureus, Salmonella, Pseudomonas aeruginosa e o Coronavírus. Indicado para uso em todos os ambientes e superfícies que necessitam de desinfecção rápida.

Quando Evitar o Uso do Álcool Líquido na Limpeza?

O álcool não deve ser usado nos seguintes materiais, sob risco de danos:

  • Fórmica;
  • Borracha;
  • Acrílico;
  • Superfície de aparelhos eletrônicos (verifique indicação do fabricante)

Como Utilizar os Álcoois para Limpeza de Superfícies?

Em superfícies como: tecidos, estofados, espelhos, vidros, pia e eletrodomésticos, dentre outros, o álcool líquido 70° não oferece tantos danos e pode ser utilizado como agente desinfetante, porém com cautela. As orientações para esses casos são:

  • Leia a embalagem antes da utilização e verifique os locais em que o produto pode ser aplicado.
  • Faça pequenos testes no objeto em questão, já que o álcool líquido pode manchar facilmente certos tipos de materiais.
  • O álcool líquido evapora rapidamente e não deixa resíduos na superfície. O ideal é aplicá-lo com um pano umedecido ou borrifando sobre a  superfície e ser limpa.
  • Para usar em tecidos, como roupas, sofás e teto do carro, utilize um borrifador.
  • Armazene o frasco em uma área bem ventilada para evitar incêndios e longe do alcance de crianças.

Com estas informações importantes sobre os tipos de álcoois e suas aplicações, agora você pode fazer a higienização correta dos locais e ambientes e mantê-los limpos.

 


CABECALHO-BLOG-3.jpg

20/01/2021by admin

Quando o assunto é limpeza, muitos têm a cultura de achar que “é tudo igual”, porém uma higienização eficaz e livre de bactérias exige a utilização de produtos apropriados aliados a procedimentos corretos.

O banheiro é um dos locais que mais tende a acumular germes e bactérias, podendo se transformar em um foco de contaminação se não for higienizado corretamente. Por conta disso, pelo menos uma vez por semana, é preciso fazer uma limpeza mais reforçada.

A seguir, preparamos algumas dicas para higienização e conservação de banheiros domésticos:

  • Toda limpeza deve ter início sempre do ponto mais distante da saída do ambiente, de forma que a finalização seja na divisa ou porta de saída, iniciando nas paredes, janelas, pias e bancadas, vasos sanitários, e por último, o piso.

 

  • Para esse procedimento, devemos utilizar dois tipos de baldes, preferencialmente com as cores descritas abaixo:

Balde Azul:

Para ser armazenado o produto que será utilizado na limpeza. Este balde nunca deve ser usado para molhar o mop, pois o produto será contaminado.

 

Balde Vermelho:

Utilizado para manusear o mop, que deve ser limpo e torcido.

 

 

Ao adaptarmos esses simples procedimentos, temos a segurança de que apenas o líquido de um balde está contaminado, portanto, o ambiente estará limpo e protegido de bactérias.

Limpeza de vidros e espelhos:

  • Preparar o material e equipamentos de utilização para limpeza: borrifador, panos, esponjas, rodos manuais.
  • Borrifar o Facilita Limpa Vidros em um pano seco e/ou flanela;
  • Passar o pano umedecido nos vidros e espelhos. Se a sujidade estiver incrustada, utilizar uma esponja e lavar com detergente neutro para retirada da sujeira, e em seguida, enxaguar. Obs. deixar a esponja para uso exclusivo da limpeza dos banheiros;
  • Na sequência, secar com uma flanela limpa;

Obs.: Sempre efetuar a limpeza da parte mais alta para a mais baixa, de preferência em um sentido único, atingindo dessa forma, todas as partes a serem limpas.

Limpeza e desinfecção de azulejos, box, utensílios sanitários e piso:

 

 

Iniciar o processo de limpeza sempre na posição vertical para a horizontal (das paredes para o piso);

Com ajuda de um pulverizador, borrifar a Facilita Água Sanitária nos azulejos, vaso sanitário e pia. Aguardar o tempo de ação química do produto (5 a 10 minutos), e iniciar a limpeza normal e/ou profunda (ação mecânica). Na sequência, enxaguar;

 

 

  • Para finalizar e manter o ambiente limpo, perfumado e com proteção bacteriostática, aplicar o Facilita Desinfetante nos utensílios sanitários e piso, deixando secar naturalmente.

 

 

Até a próxima dica!


Banner-Site-Mais-Limpeza-Protecao-1920x1080px-1280x720.png

05/01/2021by admin

Linha Facilita: Completinha pra você! 

A Linha Audax Facilita é uma linha de produtos voltada para o mercado de varejo.

Desenvolvida com diversas soluções para facilitar a limpeza doméstica, é formulada com matérias-primas selecionadas e possui um mix de produtos específicos que eliminam os microrganismos, auxiliando na prevenção de doenças. Indicada para o uso doméstico e em pequenos escritórios.

Quando falamos de linha completa, não estamos exagerando! São limpadores, detergente, impermeabilizante, odorizadores, desinfetantes, alcoóis e tudo para lavanderia: Lava roupas em pó, lava roupas líquido; tradicional e coco, amaciantes e passa roupas!

Preparamos um e-book pra você com dicas de como otimizar as compras e economizar na hora de comprar os produtos de limpeza da sua casa, CLIQUE AQUI para baixá-lo gratuitamente.

Quer saber mais sobre a linha Facilita? Lançamentos e novidades? Clique aqui e curta nossa página do Facebook

Até a próxima! 

 


CABECALHO-BLOG.jpg

10/12/2020by admin
Os elevadores são equipamentos que facilitam nosso dia-a-dia. Porém, com o uso diário, é comum que eles acumulem sujeira e precisem ser higienizados.
No momento da limpeza, são necessários alguns cuidados, para evitar que o equipamento seja danificado pela utilização de produtos ou materiais inadequados.
Por isso, preparamos algumas dicas que orientam a forma correta de mantê-lo limpo, higienizado e funcional para o uso.
Quais equipamentos e acessórios devem utilizados?
Limpeza e manutenção diária: Paredes de inox
O Facilita Saponáceo Cremoso é o produto mais adequado para limpeza de  superfícies de inox, pois forma uma película protetora e garante o brilho por mais tempo.
Como realizar a limpeza:
Aplique o Facilita Saponáceo Cremoso em um pano e/ou flanela limpos e secos.
Passe sobre a superfície, e com auxílio de outro pano/ flanela, lustre as paredes,
para atingir um ótimo resultado de brilho.
Cuidados necessários durante a limpeza:
  • Nunca realize a limpeza com água corrente, pois pode acumular água no poço e danificar  os componentes do equipamento;
  • Não utilize produtos químicos agressivos, como: ácidos, água sanitária, removedores de tinta, ou abrasivos: lixa, palha de aço, esponjas ásperas;
  • Luminárias, botões e indicadores devem ser limpos somente com um pano levemente umedecido em água com detergente neutro.

   Vidros e espelhos
   Vidros e espelhos devem ser limpos com Butterfly Limpa Vidros ou Facilita Limpa Vidros.
   
Como realizar a limpeza:
  • Coloque o produto em um pulverizador, e direcione o jato para o local a ser limpo. Finalize a limpeza com auxílio de panos secos e macios.
  • Marcas de dedos podem ser removidas com um pano macio ou toalha de papel umedecidos. Após esse processo, lustrar com uma flanela limpa e seca.
  • Não é necessário enxaguar.
Soleiras
As soleiras podem ser limpas com o auxílio de um aspirador de pó. Como possuem trilhos para a movimentação das portas, é preciso utilizar um pincel macio, seco e limpo para soltar a poeira.
Após esse processo, o aspirador de pó pode ser utilizado para finalizar a limpeza. Realize esse procedimento em horários de menor fluxo de pessoas, a fim de evitar reclamações, devido ao isolamento dos elevadores.
Caso a limpeza ocorra no final de semana, dê preferência para realizar no período da manhã, sempre deixando um dos elevadores disponíveis para uso.

 

Pisos
Que agradável entrar no elevador e quando a porta se abrir sermos recebidos por uma fragrância de limpeza?
É a hora do Facilita Limpador Perfumado! Para limpeza pesada, utilize o produto pronto uso, juntamente com um pano umedecido com água, para manutenção, a diluição pode ser de até 1/30.
Pronto! Com essas dicas você terá elevadores limpos e conservados por mais tempo para uso e satisfação dos usuários.

 

 

 

 

!!!!!!!!!! DICA EXTRA EM TEMPOS DE PANDEMIA !!!!!!!!!!

Falamos sobre Limpeza de Elevadores, porém, após todo este processo, temos que pensar no mais importante: DESINFECÇÃO!
Para isso, você pode contar com dois excelentes produtos: o Assert HC 200 na diluição de 1:200 e o Facilita Álcool 70º aplicado pronto uso. Aplique com um borrifador em todo o elevador, teto, paredes e pisos. Não esqueça dos botões de acionamento, que devem sempre ser secos com um pano limpo e seco.

 

 

E nunca é demais lembrar:

Sempre que, evite o uso de elevadores, caso utilize, mantenha o distanciamento, use máscaras, mantenha a higienização das mãos e utilize álcool em gel sempre que necessário!
Até a próxima dica 😉

 


CABECALHO-BLOG-2.jpg

20/11/2020by admin

Além de ser uma peça decorativa, o sofá também é o móvel querido pelo conforto e os momentos de relaxamento que nos oferece. Não podemos deixar de falar também que o sofá é um item que não trocamos com frequência e, por isso, é preciso mantê-lo sempre conservado para prolongar sua vida útil. A lavagem do sofá não é complicada nem exige muito tempo. Tudo depende do material de que ele é feito, pois vai demandar produtos e cuidados específicos.

Por que é importante lavar o sofá?

Vamos começar explicando porque é importante fazer a lavagem de sofá a seco, mais profunda, e também porque devemos incluir uma limpeza mais superficial na rotina de faxina. O primeiro motivo é relacionado ao aspecto geral do móvel: ter um sofá manchado faz com que todo o ambiente pareça estar sujo e descuidado.

Além disso, o estofado – independentemente do tecido que é fabricado – tende a acumular poeira, bactérias, ácaros e fungos. Esses microrganismos são nocivos à saúde e podem causar problemas respiratórios e alergias.

Fazer a lavagem periódica pode ser sinônimo de economia. Se você não faz uma manutenção periódica com a limpeza, o sofá pode adquirir manchas permanentes, que requerem uma limpeza muito mais vigorosa, que pode acabar danificando o tecido.

A seguir, daremos algumas dicas de como limpar diferentes tipos estofados e mantê-los conservados por muito mais tempo.

Prepare-se para a limpeza

É importante realizar um teste numa área pequena e imperceptível do sofá, e ler as instruções do rótulo do produto indicado antes de iniciar a limpeza.

Para recomendações mais específicas de como limpar o sofá, é preciso consultar a etiqueta dele. Dessa forma você garante não só a limpeza, como também a durabilidade do material. Os estofados costumam vir com uma etiqueta que indica a melhor forma de higienizá-los. São quatro letras (O, W, P e F) que têm os seguintes significados:

O:  o tecido pode ser lavado com água;
W: use apenas pano úmido e produtos específicos;
P:   faça lavagem a seco;
F:   faça a higienização apenas com profissionais.

 

 

  1. Reúna os materiais necessários

Para realizar a limpeza, será preciso utilizar os seguintes equipamentos

  1. Aspire todo o sofá
  • Comece passando um aspirador de pó no estofado. Não esqueça de aspirar entre as almofadas, o encosto e o assento. Esses são os locais que mais acumulam sujeira;
  • Remova as sujeiras mais superficiais, como poeira e migalhas;
  1. Inicie a limpeza

Limpeza manual:

Dilua o GOLD LIMPA CARPETE em um recipiente, na proporção de 1/10, agite até que forme bastante espuma. Mergulhe uma escova de nylon ou escovão somente na espuma. Deixe agir por no mínimo cinco minutos. Após, esfregue, suavemente, limpando pequenas áreas em sentido único na direção das fibras. Remova os resíduos com aspirador ou pano limpo seco. Não é necessário enxaguar.

Limpeza mecânica:

Utilize uma escova de nylon, dilua o GOLD LIMPA CARPETE, na proporção de 1/30, e com auxílio de um borrifador, pulverize o produto diluído na superfície. Esfregue até formar uma espuma intensa. Deixe agir por no mínimo 5 minutos. Retire a espuma suja, com auxílio de um aspirador para líquidos ou máquina extratora. Deixe secar completamente.

Por último, passe o aspirador de pó em um mesmo sentido, a fim de orientar corretamente as fibras.

  1. Dicas úteis para conservar o sofá
  • Lenços umedecidos são grandes aliados na limpeza do sofá;
  • Para manter o estofado limpo por mais tempo, evite se alimentar no sofá;
  • Para evitar manchas de copos, coloque mesas próximas ao sofá ou suportes que podem ser deixados nos braços do mesmo;
  • Higienizadores a vapor são ótimas opções para a limpeza dos estofados;
  • A impermeabilização dos estofados é um método muito útil para sua conservação. Apesar do investimento não ser baixo, o resultado é compensador, principalmente para quem tem crianças em casa.

De quanto em quanto tempo devo limpar o sofá?

A limpeza básica, com aspirador de pó, deve ser feita semanalmente. Dessa forma a poeira, pelos e umidade não se acumularão no sofá. No caso de limpezas pesadas, recomenda-se realizá-las no intervalo de um ano. A limpeza com o GOLD LIMPA CARPETE pode ser realizada sempre que se julgar necessário para manter o estofado limpo e conservado.

Até a próxima dica!


Telefones

Matriz: (19) 3515-5000
SP: (11) 3014-0307
RJ: (21) 3512-0715

Filial Recife
(81) 3372-1779
(81) 3372-4034
(81) 3487-0388
(81) 99185-4979
(81) 99257-1848
(81) 99183-0430

Localização

Matriz
Rua José Ferragut, 03 – Capela
Vinhedo – SP – CEP: 13285-742

Filial Recife
Rua da Linha, 3573 – Mirueira
Paulista – PE – CEP: 53405-640

AudaxGo Logística
Rod. Eng Miguel Melhado, 51
KM 78 da Via Anhanguera
Vinhedo – SP – CEP: 13288-003