Luciana Bozzi

Banners-Website-1080x1920pxproteja-sua-saude-1280x720.jpg

16/07/2021by admin

Lavar as mãos é a principal recomendação da OMS para evitar a contaminação de diversas doenças, inclusive pelo novo coronavírus. A pandemia, que atinge o mundo inteiro, fez a população repensar seus hábitos de higiene. Muita gente percebeu que sempre lavou as mãos de forma errada e que não seguia o passo a passo adequado.

Para começar, a higienização precisa ser feita com água e sabonete e durar entre 40 e 60 segundos, no mínimo.

Para te ajudar, a AudaxCo preparou um infográfico com um guia de como lavar as mãos corretamente de acordo com as instruções da Organização Mundial da Saúde e outros dados importantes, vale a pena conferir!

Quer baixar o infográfico em alta qualidade? Clique na imagem abaixo !


Banner-Site-CLINICAS-CONSULTORIOS-1920x1080px-1280x720.jpg

17/06/2021by admin

Em tempos de pandemia, a higienização de consultórios, clínicas e de qualquer ambiente de saúde é uma questão de extrema importância e deve ser feita com a máxima atenção, utilizando produtos específicos e na medida correta, respeitando cada etapa. Qualquer descuido pode gerar uma má impressão para o local e pior ainda, prejuízos para a saúde dos pacientes. Abaixo, mencionamos 10 super dicas para manter a higienização do seu estabelecimento em ordem:

10 dicas rápidas para a higienização de Clínicas e Consultórios

 

Ambientes de atendimento à saúde são estabelecimentos onde a limpeza e a higienização devem estar impecáveis. Em tempos de pandemia, estes locais devem receber atenção redobrada, pois são propícios para contaminações.  Elencamos abaixo 10 dicas simples para manter a saúde dos pacientes e do quadro de funcionários:

  1. Diferencie a limpeza da higienização:

A limpeza é a primeira parte do processo, removendo poeiras, restos de alimentos e a sujeira visível. Já a higienização, que também podemos chamar de desinfecção, vem depois, com produtos específicos.

  1. O ambiente físico conta!

Parede brancas, lisas, de materiais resistentes e fáceis de lavar são mais adequadas. O mesmo vale para o chão, com pisos laváveis e pouco porosos. O ambiente deve ser bem iluminado e ventilado e recomenda-se deixar as janelas abertas para circulação do ar. 

  1. Área de atendimento ao paciente

Deve dispor de pia para higienização das mãos, com sabonete líquido. Recomendamos o All Clean Sabonete Antiséptico.

All Clean Sabonete Antisséptico

Assepsia e limpeza das mãos para ambientes que exigem higienização eficiente. Possui 0,1% de triclosan em sua formulação, agente antisséptico efetivo contra bactérias e fungos.

 

 

 

  1. Sanitários

Devem dispor de vaso sanitário, lavatório, toalhas de papel, sabão líquido e lixeira com tampa e pedal. A limpeza deve ser feita periodicamente.

  1. Disponibilidade de álcool gel

O álcool gel deve estar disposto e à vista de todos, em todos os locais possíveis. Todos devem ter acesso, principalmente na recepção do local. Recomentamos o All Clean Álcool Gel 70°

All Clean Álcool Gel 70°

Produto balanceado que, além de higienizar, não resseca as mãos. Tem em sua formulação extrato natural de Aloe Vera. Secagem rápida. Indicado para assepsia das mãos, é um excelente bactericida. Especialmente recomendado para ambientes como cozinhas industriais, hospitais, comércio, escolas, indústrias alimentícias, clínicas, pet shops e consultórios.

 

 

  1. Tapete Sanitizante

O tapete sanitizante é essencial para que as impurezas da rua não sejam levadas para dentro do ambiente. Recomenda-se o uso do Assert HC 200, pois é altamente bactericida e não mancha tecidos.

 

  1. Não efetuar varredura a seco

Para não levantar partículas recomenda-se que a varredura seja feita com um pano úmido ou mop.

  1. Desinfete constantemente áreas de alto contato

Maçanetas, corrimãos e balcão de atendimento devem ser constantemente limpos com Facilita Álcool 70°, a ação bactericida elimina os microrganismos e garantem assepsia.

Facilita Álcool 70°

Utilizado para limpeza profissional na desinfecção de ambientes como: hospitais, clínicas, farmácias, consultórios e postos de assistência à saúde. Tem comprovada eficiência contra bactérias como: Staphylococcus aureus, Salmonella e Pseudomonas aeruginosa. Indicado para uso hospitalar: assistência à saúde, limpeza e desinfecção de superfícies, clínicas odontológicas, farmácias, pisos, azulejos, fórmicas e vidros.

 

 

  1. Coleta do lixo

A coleta do lixo dos consultórios médicos deverá ser realizada separada do lixo comum.

  1. Atenção aos produtos químicos utilizados

Todos os desinfetantes e antissépticos usados devem ter a chancela do Ministério da Saúde e regulamentados pela Anvisa.

Certifique-se que os rótulos estejam legíveis e com informações claras de origem do produto.

Quer saber mais sobre Limpeza de Clínicas e Consultórios e quais os produtos corretos para a assepsia destes locais? CLIQUE AQUI e baixe nosso e-book gratuito


CABECALHO-BLOG-1-1.jpg

25/05/2021by admin

Se limpeza sempre foi importante, agora tornou-se essencial. E o combo é ainda mais potente: limpeza e desinfecção.
Porém, na hora de adquirir estes produtos, há questões que devem ser observadas, tanto para a efetividade da limpeza, quanto para saúde da equipe que realizará o serviço e também no quesito economia!
Vamos lá:

1. Itens essenciais

São muitas as opções, mas pense que, um mesmo produto pode ter várias funções, então, antes de comprar inúmeras variações, verifique suas funções e aposte nos produtos coringa, são eles:

DETERGENTE NEUTRO

O Detergente Neutro usado para a lavagem de louças e utensílios também é um excelente aliado para limpeza de superfícies e paredes engorduradas. É importante o enxágue total após o uso. Como sugestão temos o Gold Detergente Neutro.

LIMPADOR MULTIUSO

O Limpador Multiuso é prático e eficiente: limpa, higieniza, perfuma e desengordura. Pode ser usado em superfícies em geral, eletrodomésticos, pias, materiais plásticos e superfícies metalizadas. É um produto chave na limpeza rápida e superficial. Sugestão? Facilita Multiuso

ÁLCOOL

Os álcoois são coringas na limpeza! O Facilita Álcool 70° é bactericida e elimina vírus e microrganismos. Já o Facilita Álcool 46º é indicado para superfícies laváveis em geral. Ideal para limpeza de vitrines, espelhos, vidros, pisos, fórmicas, azulejos, bancadas de mármore, equipamentos e utensílios.

ÁGUA SANITÁRIA

A Facilita Água Sanitária é altamente alvejante com 2,5% de cloro ativo e possui forte ação bactericida, eliminando os microrganismos e ajudando na prevenção de doenças. Indicado para desinfetar ralos, lixeiras, vasos sanitários, banheiros, pisos não tratados, mármores, louças, vidros, cerâmicas, azulejos em geral.
ATENÇÃO: Nunca misture água sanitária a quaisquer outros produtos de limpeza.

DESINFETANTE


Mais que deixar um cheirinho agradável após a limpeza, o desinfetante tem ação bactericida frente aos microrganismos.

Há uma infinidade de opções desde os super concentrados como o Concentrax Desinfetante até os pronto uso como o Facilita Desinfetante.

 

SAPONÁCEO
O saponáceo é um limpador muito versátil! Ele pode ser usado na cozinha, para dar brilho às peças de metal como também ser usado no box do banheiro, na limpeza do vidro, pois age sem riscar, retirando sujeiras que ficam grudadas. Sugestão Facilita Saponáceo

2. Custo e benefício

Essa expressão parece um pouco clichê, mas é bem verdadeira! Produtos concentrados, geralmente são mais caros que produtos pronto uso à primeira vista.

Porém, se fizermos as contas do quanto determinado produto pode render, é fácil perceber a vantagem! Alguns desinfetantes por exemplo chegam a custar menos de R$ 0,04!

3. Diga não aos produtos piratas

Aquele produto vendido na porta da sua casa, em garrafas pet, sem rótulos, geralmente com cores e cheiros muito fortes… com sorte, é água e fragrância! Com sorte porquê, se não for apenas isso (sem ação de limpeza ou bactericida alguma) pode conter outras substâncias desconhecidas que podem causar alergias e fazerem muito mal à saúde. Exija produtos regularizados na Anvisa.

4. Considere as marcas

Produtos saneantes devem atender à normas e regulamentações, tanto da Anvisa quanto do Ministério da Saúde. Busque marcas confiáveis, que apresentem dados claros nos rótulos, caso você precise de algum respaldo, você tem com quem contar.

E a AudaxCo com quase 40 anos de mercado tem um portfólio completo de produtos! Quer saber mais? Clique aqui ↓

Linhas


CABECALHO-BLOG-1.jpg

05/05/2021by admin

Há muito tempo, a OMS (Organização Mundial da Saúde) indica a Higienização das Mãos como a maneira mais eficaz no combate à doenças evitáveis.

Hoje, 5 de maio, é o Dia Mundial de Higienização das Mãos, data instituída pela própria OMS. Nos últimos tempos, a prática ganhou força com campanhas e alertas em mídia, reforçando essa necessidade, também no combate à Covid-19.

A prática, antes bastante enfatizada no ambiente hospitalar, agora se estende à toda população, porém, não basta só utilizar o álcool, existe uma técnica para higienizar as mãos com álcool gel e água e sabão. Passar só o álcool na mão não é o suficiente. A pessoa tem que friccionar nos movimentos corretos indicados pela OMS.

No ambiente hospitalar, há cinco oportunidades para a higienização das mãos recomendadas pela OMS: antes de tocar o paciente; antes de fazer qualquer técnica asséptica no paciente; após o risco de exposição a fluidos corporais ou excreções; após tocar o paciente; e após tocar superfícies próximas ao paciente.

Ambientes como o quarto de pacientes infectados trazem riscos e é necessário proteger tanto o paciente, quanto o profissional e o próximo paciente a quem ele for atender.

Pandemia

Higienizar as mãos é a prevenção mais barata e efetiva que temos contra a covid-19, além do uso da máscara.

Fora do ambiente hospitalar, a pessoa deve higienizar as mãos antes e depois de tocar qualquer coisa. É importante não só higienizar as mãos, como tudo que elas tocam: corrimãos, maçanetas, telefones, mouses, etc.

Na rua

O álcool gel facilitou a vida das pessoas que estão na rua e nos transportes públicos, porque é o método mais fácil e rápido de higienização. O procedimento correto de aplicação do álcool gel leva de 20 a 30 segundos, até o álcool secar. Já a técnica de higienização das mãos com água e sabão leva de 40 a 60 segundos. O álcool gel ganhou força, por ser mais fácil e prático seu uso em qualquer ambiente.

De qualquer forma, estando em qualquer ambiente ou na rua, o ideal é manter as mãos sempre limpas, evitar o contato com o rosto, manter as superfícies desinfetadas e higienizadas e levar sempre consigo um frasco de álcool em gel.

Conheça o All Clean Álcool Gel 70° indicado para assepsia das mãos, é um excelente bactericida. Especialmente recomendado para ambientes como cozinhas industriais, hospitais, comércio, escolas, indústrias alimentícias, clínicas, pet shops e consultórios.

 


CABECALHO-BLOG-2.jpg

26/04/2021by admin

Segunda onda do Covid-19 no Brasil

Depois que diversos estados e cidades chegaram a quase total flexibilização da quarentena e a desativação de leitos de UTI, estamos no auge da chamada segunda onda da Covid-19.

Por consequência, essas últimas semanas acompanhamos pelo noticiário, os crescentes casos de internação de pacientes infectados pelo novo Coronavírus.

Só para ilustrar: países como os Estados Unidos, França, Espanha e Itália já vivem a segunda onda da pandemia.

Estamos em um momento de grande atenção, de acordo com o Consórcio de Imprensa, o total de casos confirmados no Brasil chega a mais de 14,3 milhões*, então todo cuidado é necessário para que o vírus não se espalhe ainda mais.

Por isso precisamos reforçar todos os cuidados, já que esta segunda onda da Covid-19 o traz  um cenário  ainda mais assustador.

Assim sendo, a busca por produtos de higiene e limpeza cresce diariamente, e com essa “segunda onda”, todo e qualquer cuidado, ainda é pouco.

Mas como ter a certeza que os produtos que você vende são eficazes?

Afinal, é preciso ter muito cuidado, estamos tratando de um vírus extremamente resistente.

Diversos produtos estão sendo comercializados prometendo uma ação efetiva contra o vírus, entretanto, sem nenhum documento que comprove sua real atuação.

A AudaxCo disponibiliza diversos produtos específicos para prevenção do coronavírus.

Cinco desinfetantes muito conhecidos no setor de limpeza profissional contém laudos que comprovam poder de desinfecção. No nosso site www.audaxco.com, pode ser baixado, os Boletins Técnicos (BT’s)e também as Fichas de Informação de Segurança de Produtos Químicos (Fispq’s).

Conheça os mais adequados produtos com ação de desinfecção que podem ser revendidos para cada tipo de mercado!

Estabelecimentos Institucionais

Shoppings, aeroportos, instituições de ensino, centros comerciais e indústrias. Produtos para Prevenção e Desinfecção:

Estabelecimentos de Assistência à Saúde

Hospitais, clínicas, consultórios, clínicas odontológicas, clínicas veterinárias e unidades básicas de saúde. Produtos para Desinfecção

Hipermercados e supermercados

Padaria, peixaria, açougue, salão de beleza, cafeteria e lanchonete. Produtos para Desinfecção.

Uma ajuda extra na limpeza e na higienização das mãos!

Conheça os Sabonetes Líquidos AudaxCo para uma correta assepsia das mãos:

 

All Clean Antisséptico Clorexidina:  Sabonete líquido para assepsia das mãos, com eficácia comprovada contra microrganismos encontrados na pele, com ação residual prolongada. Formulado com o ativo Clorexidina, com eficiente ação frente as bactérias, vírus e fungos.

 

 

 

All Clean Sabonete Líquido Antisseptico Triclosan: Produto com ação bactericida para as mãos, muito utilizado em áreas hospitalares e alimentícias, postos de saúde, shoppings. Possui Triclosan em sua formulação, um antimicrobiano super potente.

 

 

 

All Clean Sabonete Líquido Klyne: Produto próprio para limpeza e higienização das mãos, muito utilizado em ambientes comuns como escolas, creches, banheiros de restaurantes. Desenvolvido com glicerina e ingredientes umectantes e emolientes, que atuam na limpeza e hidratação das mãos. Possui agradável perfume.

 

 

All Clean Sabonete Líquido Desengraxante: Formulado com ativo biodegradável de D´Limoneno, garante uma excelente limpeza, removendo, das mãos, sujidades impregnadas de óleos e graxa , sem ressecá-las. Produto próprio para limpeza e higienização das mãos, muito utilizado em ambientes como indústrias, área de produção, oficinas mecânicas.

 

Dica de Modo de uso para Desinfecção úmida

1.Diluir o produto na proporção para desinfecção em um recipiente (borrifador ou balde).

2.Umedecer a flanela limpa ou, espalhar a solução sobre a superfície a ser limpa,

3.Deixar agir por 5 a 10 minutos,

4.Se necessário, com equipamentos como máquinas lavadoras, mops ou LTs, realizar a ação mecânica e em seguida enxaguar.

 

ATENÇÃO:  Se utilizar desinfetantes ou álcoois, deixar secar naturalmente, se utilizar o detergente clorado, deve-se repetir o processo de limpeza úmida com flanela umedecida só com água por 3x para tirar o excesso residual do cloro.

Dica de Modo de uso para Desinfecção semi-seca

1.Diluir o produto na proporção para desinfecção, colocar em um recipiente (borrifador ou balde).

2.Umedecer a flanela limpa ou mop (nunca aplicar a solução direto na superfície) e espalhar sobre a superfície a ser limpa.

 3.Deixar agir por 5 a 10 minutos.

4.Após, se necessário, com uma esponja ou fibra de baixa abrasividade realizar a ação mecânica

5.Em seguida com outra flanela umedecida somente com água, retirar o excesso.

ATENÇÃO:  Se utilizar desinfetantes ou álcoois, deixar secar naturalmente, se utilizar o detergente clorado, deve-se repetir o processo de limpeza úmida com flanela umedecida só com água por 3x para tirar o excesso residual do cloro.

Caso tenha alguma dúvida em relação aos nossos produtos ou como fazer a diluição correta, entre em contato com nosso Departamento de treinamento de Produtos:

Treinamentos

 


CABECALHO-BLOG-1.jpg

13/04/2021by admin
De janeiro a julho de 2020, impulsionado pelo surgimento da Pandemia, o setor de saneantes cresceu quase 6%, com ênfase em itens como água sanitária e desinfetantes. Porém, sentiu dificuldades em encontrar matérias primas, embalagens e insumos, causando instabilidade no segmento, no final do ano.
O ano de 2021, traz perspectivas de expansão um pouco menores, porém ainda assim, positivas, estima-se um crescimento de 3% no primeiro semestre.
A verdade é que há um consenso de que a limpeza e a desinfecção são essenciais para a saúde física e mental. A limpeza, seja ela a doméstica ou profissional, sempre foi fundamental, e agora, torna-se questão de sobrevivência. A indústria tem um papel substancial, em oferecer produtos que sejam eficientes e confiáveis.
O consumidor deverá manter o foco na sanitização de seus lares, a preocupação com a desinfecção, mesmo com o final ou controle da pandemia, deverá continuar.
 Estima-se que permanecerão no topo da pirâmide de consumo os itens mais básicos, como água           sanitária e desinfetantes, uma vez que, os consumidores procuram por itens eficientes e de baixo         custo, já que a renda da população foi em sua maioria, severamente afetada com a pandemia.
 Vale ressaltar que o potencial de consumo dos produtos de higiene, limpeza e saneantes, no Brasil,   não é um gasto tão baixo, são em média US$ 89, anuais por residência, contra cerca de US$ 200 nos   Estados Unidos.
  Os produtos que possuem a característica de combate à Covid-19 terão destaques no mercado. O   consumidor entende que higienizar e desinfetar não é um hábito passageiro e sim, uma prática que   veio para ficar, um exemplo disso é o uso do álcool em gel.
  A AudaxCo tem um portfólio completo para Limpeza e Desinfecção, profissional e Doméstica,   conheça mais em www.audaxco.com.

cabecaho-2.jpg

22/03/2021by admin

Um ato rápido, simples, barato e muitas vezes negligenciado, lavar as mãos pode literalmente salvar vidas.

Segundo estudo realizado pela Michigan State University, nos Estados Unidos, em 2013, apenas 5% das pessoas lavam as mãos corretamente. O estudo foi baseado na observação do comportamento de 3.749 pessoas em banheiros públicos: 33% não usaram sabonete, 10% sequer lavaram as mãos e apenas 5% lavaram as mãos por tempo suficiente para eliminar todos os germes causadores de doenças.

Trouxemos aqui 10 mitos e verdades sobre Higienização das Mãos, vamos conferir?  

 

1) Para lavar as mãos preciso tirar a aliança, anel ou relógio. 

 

   É importante tirar esses objetos ao lavar as mãos porque microrganismos podem estar acumulados embaixo deles. O mesmo é         indicado para o preparo de alimentos, o cuidado com algum paciente ou tratamento de machucados, mesmo que não vejamos,       no menor espaço possível, o perigo está lá. Para ficar protegido, evite o uso desses objetos durante a pandemia.

 

2) Sabonete líquido é melhor do que o sabonete em barra? 

 

  DEPENDE. Os sabões (sólidos ou líquidos) têm a mesma eficácia para a limpeza das mãos. O importante é lavar várias vezes ao     dia. Porém, quando você tem o sabonete líquido, em um dispenser ou em um pump, ele fica protegido do ar e quaisquer outras   contaminações, o sabonete em barra, que não estiver devidamente acondicionado em uma saboneteira limpa e seca pode ser   também um local de acúmulo de sujeira.

 

 

3) O detergente também pode ser usado para a lavagem das mãos. 

 

 VERDADE, porém depende. Na falta de sabão e álcool em gel, podemos usar o detergente. No entanto, ele não é o mais   indicado. Como eles não foram feitos especificamente para a lavagem das mãos, podem provocar um ressecamento levando à   microfissuras na pele, o que pode facilitar a entrada de microrganismos no corpo.

 

4) As mãos só estarão 100% limpas depois de lavar e passar álcool em gel. 

 

  MITO. Não é preciso passar álcool em gel depois de lavá-las com sabonete, seguindo todo o protocolo de lavagem e tempo     necessários.

 

 

5) Quando o álcool em gel começa empelotar ele deve ser descartado. 

 

  MITO. Devemos sempre manter o álcool em recipiente adequado para ser utilizado. Pode ser que ele resseque no bico de saída,     mas isso não quer dizer que perdeu sua utilidade. Basta retirar essa parte e manter o uso.

 

 

6) Devemos lavar as mãos impreterivelmente de 2 em 2 horas.  

 

  MITO. Deve-se lavar as mãos sempre que necessário. O tempo não é fator primordial. Depois de coçar ou assoar o nariz, após ir    ao banheiro, antes e depois de tocar em machucados, depois de mexer no lixo, antes de manusear alimentos, antes de tocar em     objetos de bebês (tudo eles levam à boca), ao chegar em casa, ao chegar ou sair de qualquer ambiente fora de casa.

 

 

7) Higienizar as mãos demais prejudica as bactérias do bem. 

 

  MITO. A higiene das mãos mata as bactérias prejudicais e as benéficas, entretanto as últimas estão também nas camadas mais     profundas da pele. Por isso não existe isso de higienizar demais suas mãos. O importante é escolher um produto que proteja a   pele. Vale para o sabonete e para o álcool gel que deve ser específico para higiene das mãos e não para limpeza em geral.

 

8) Higienizar as mãos com álcool em gel é mais efetivo que com água e sabão. 

 

  VERDADE. Estudos demonstram que o álcool mata mais bactérias do que lavando as mãos com água e sabão, sendo mais     rápido e mais fácil de  ser   transportado. Por isso lembre-se de ter sempre um frasco com você. Porém existem situações que é     necessário a assepsia efetiva das mãos com sujidade visível ou em ambientes de assistências à saúde, por exemplo.

 

9) Não há segredo para lavar as mãos, fazemos isso desde crianças. 

 

  MITO. As áreas mais esquecidas na higiene das mãos são os polegares, pontas dos dedos e entre os dedos. Atenção à estas áreas.    Não adianta ter pressa também, uma boa lavagem de mãos deve durar de 40 segundos a 1 minuto. Claro que uma boa técnica     acaba afetando o tempo mínimo, tanto para a fricção com álcool gel ou a lavagem com água e sabão, mas não adianta ser   demorado e não friccionar todas as áreas.

 

10) A quantidade de álcool afeta na eficácia da eliminação dos microrganismos. 

 

  VERDADE. Por isso é bom o uso de dispensers ou pumps. Evita o desperdício, mas garante uma quantidade mínima. Se as suas    mãos são grandes, procure usar um pouco a mais para que todas as áreas recebam o antisséptico.

 

 

Gostou das nossas dicas? Compartilhe!


Banner-Site-EU_RECICLO-1920x1080px-1280x720.jpg

02/03/2021by admin

Cada um deve fazer a sua parte!

É por isso que a AudaxCo firmou uma parceria com o selo eureciclo.

Mas o que é o selo eureciclo?

O selo eureciclo funciona da seguinte forma: as marcas informam quantas toneladas de plástico, vidro, papel ou metais geraram com a venda dos seus produtos, e o selo eureciclo, calcula o passivo ambiental equivalente.

Com base nesse valor, as marcas pagam pelo serviço ambiental de forma proporcional à quantidade de embalagens que vendem. O pagamento pelo serviço é destinado às cooperativas de reciclagem que comprovam que estão operando formalmente e reciclando materiais equivalentes aos das embalagens.

Assim, as empresas recebem o selo comprovando seu engajamento com a reciclagem. Atualmente, a legislação brasileira demanda que pelo menos 22% do material gerado e exposto ao meio ambiente seja reciclado. Mas esse número tende e deve, crescer ainda mais.

A importância da destinação correta das embalagens plásticas 

A reciclagem do plástico é de extrema necessidade, pois a maioria deles não chega nas cooperativas de reciclagem, visto que são descartados incorretamente e, assim, vão parar em aterros sanitários. Alguns ficam por lá durante centenas de anos até se decompor. Outros, por serem muito leves, são levados pela chuva e pelo vento para rios e mares, chegando aos oceanos.

Hoje já se fala até que os microplásticos entraram para a nossa cadeia alimentar, através dos peixes, e que, se continuarmos assim, em 2050 haverá mais plásticos do que peixes nos oceanos. Notícia nada boa hein?

selo eureciclo é responsável por fazer a compensação ambiental de parte das embalagens produzidas pela AudaxCo, o que já é um grande avanço no que diz respeito ao seu impacto ambiental. Entretanto, a participação dos clientes é de extrema importância, pois são eles que decidem o que vai acontecer com a embalagem após o uso do produto. Acreditamos que um descarte adequado é a melhor maneira de ajudar, sendo socioambientalmente responsável !

Quais as vantagens da compensação ambiental? 

As vantagens são inúmeras! Os resíduos possuem três destinos ambientalmente corretos: reciclagem, aterros sanitários ou incineração com recuperação energética. Qualquer coisa que fuja disso, normalmente, se torna poluição ambiental.

Acontece que há 70 anos atrás isso não era um problema, mas com a modernização e produção em exponencial, as empresas cresceram muito, o consumo também, e por consequência, o lixo gerado cresceu nas mesmas proporções.

Essa aceleração permitiu que hoje existam mais de 7 bilhões de pessoas no planeta, onde 54% vivem em centros urbanos e desempenham um papel de consumo intenso em seus cotidianos.

Os produtos passaram então a ter o ciclo de vida mais curto, como forma de incentivar o consumo. Isso pode ser visto quando você compra um celular, em menos de um ano, ele já é considerado “antigo”, e na alimentação? Embalagens e mais embalagens! Você pede um delivery, e toda aquela embalagem, utilizada uma única vez, vai pro lixo!

A logística reversa, é o mecanismo de retorno dos resíduos, para que sejam reinseridos no ciclo de vida do produto, permite que parte desse impacto ambiental seja minimizado.

Como resultado temos:

Diminuição da contaminação do solo e água. Já que grande parte do que iria para aterros, lixões ou mar, passa a ser destinado para a reciclagem ou incineração com o obtenção energética e menor impacto sobre a perda de biodiversidade.

Recursos são finitos 

Esquecemos, mas, recursos são finitos. Eles acabam e se não forem extraídos com equilíbrio e reaproveitados as próximas gerações e todo o ecossistema poderão sofrer mudanças irreversíveis.

Ao adotar a solução eureciclo, a AudaxCo investe diretamente em uma rede de cooperativas e operadores parceiros, gerando incentivos para o aumento das taxas de reciclagem no país. Reuse, recicle, reutilize. Dê a destinação correta das embalagens utilizadas em sua casa.

Cada um, fazendo a sua parte!

 


Banner-Site-VOLTA-AS-AULAS-COVID19-1920x1080px-1280x720.jpg

26/02/2021by admin

2020 e 2021 serão marcados para sempre com a pandemia de Covid 19. Isso, é uma certeza.

O que ainda gera alguma dúvida é: como ficam a volta às aulas? Quais serão os cuidados necessários?

O que as escolas podem fazer para retomar a rotina com maior segurança para as todos?

Não há um posicionamento obrigatório orientado pelo MEC, sendo assim, cada escola usa de suas próprias regras, buscando soluções dentro de sua realidade e possibilidades, porém, todas as escolas devem ao menos atentar-se aos protocolos mínimos que referem-se à:

  • distanciamento social;
  • higiene pessoal;
  • desinfecção de ambientes.

Distanciamento social

A escola pode optar por manter o ensino de forma híbrida, dividindo as turmas para que uma parte esteja na escola, e outra parte dos alunos assistam a aula de forma on-line.

Intercalar horários de entrada e saída, e também nos intervalos. Manter o distanciamento entre as carteiras e também na hora do lanche.

Higiene pessoal

Um item do protocolo relativo a todos que frequentam o ambiente escolar: professores, funcionários e alunos: uniforme e jalecos não devem de maneira alguma ser utilizado fora do ambiente escolar, e na total impossibilidade de ser trocado e lavado todos os dias, deve ser borrifado Facilita Álcool 70° e deixado em local arejado e ventilado.

Uso obrigatório de máscaras de proteção durante o trajeto até a escola, que deverão ser trocada assim que chegar ao local. Lembrando que a troca a cada duas horas deve ser respeitada, para professores, é indicado ainda o uso de protetores Face Shields.

As mãos devem ser lavadas quantas vezes forem necessárias, principalmente após tossir ou espirrar, após a saída da sala para qualquer atividade, após o uso do banheiro, antes e após as refeições. O ideal é o uso de All Clean Sabonete Antisséptico Triclosan, devido a seu efeito residual.

Outra alternativa é deixar sempre disponível a cada aluno, All Clean Álcool Gel 70° para assepsia das mãos, sua fórmula, tem secagem rápida, não gruda e pode ser usado sempre que não for possível a lavagem das mãos usando água e sabonete.

Sanitização de Ambientes

Na entrada da escola, deve ser disponibilizado a todos o uso de um Tapete Sanitizante, contendo nosso poderoso desinfetante hospitalar, Assert HC 200 que é bactericida e não mancha tecidos e calçados. Também podem ser borrifados nas mochilas e outros acessórios o Facilita Álcool 70°.

Banheiros e corredores devem ser constantemente lavados com Gold Detergente Clorado e as cantinas e/ou restaurantes devem receber atenção especial com o uso de produtos químicos adequados ao uso em food service, que atendam a RDC 216 da Anvisa, sobre segurança alimentar. Nossa linha ProKitchen é a melhor opção para limpeza e desinfecção de cozinhas profissionais, cantinas e restaurantes.

Preparamos um conteúdo completo sobre os produtos e dicas de uso para sua escola. Clique AQUI para conhecer:


CABECALHO-BLOG-2.jpg

08/02/2021by admin

Chamada de “2ª onda da Covid-19”, após um período de falsa calmaria, a pandemia vem novamente assustando o mundo todo.

A verdade é que nunca houve um retrocesso da pandemia, a queda do número de casos foi reflexo direto das medidas adotadas, como distanciamento social, desinfecção dos locais de convívio, protocolos de segurança e assepsia das mãos.

Essa sensação ilusória de segurança, fez com que uma parte da população negligenciasse diversos cuidados importantes, que precisariam ser mantidos: aquela compra não higienizada, as mãos lavadas apressadamente, uma reunião com poucos amigos nos finais de semana. Foi acontecendo aos poucos, como se estivéssemos caminhando em direção ao mar calmo, e a cada passo para dentro do mar, fosse um cuidado a menos, até que, de repente, o mar traz uma onda enorme, e nos derruba fortemente. Agora, nadar é muito mais difícil e desgastante, e correr para a segurança da areia, novamente, é a melhor opção.

PROTOCOLOS DE DESINFECÇÃO QUE SALVAM VIDAS!

Embora nós estejamos bem cansados da pandemia e de toda essa mudança que ela nos trouxe, parece que nada disso vai acabar tão cedo.

Há sim a esperança da vacina, mas a espera não pode ser sinônimo de afrouxamento dos cuidados, e muitas dúvidas surgem quando o assunto é desinfecção.

Por isso, preparamos um e-book completo onde explicamos tudo sobre limpeza, higienização e desinfecção de ambientes, contendo dúvidas, perguntas e respostas sobre o assunto.

Amplie suas vendas, seja um distribuidor AudaxCo. Clique AQUI 


Telefones

Matriz: (19) 3515-5000
SP: (11) 3014-0307
RJ: (21) 3512-0715

Recife
(81) 99185-4979

Localização

Matriz
Rua José Ferragut, 03 – Capela
Vinhedo – SP – CEP: 13285-742

AudaxGo Logística
Rod. Eng Miguel Melhado, 51
KM 78 da Via Anhanguera
Vinhedo – SP – CEP: 13288-003