Dicas de Limpeza

CABECALHO-BLOG.jpg

Os elevadores são equipamentos que facilitam nosso dia-a-dia. Porém, com o uso diário, é comum que eles acumulem sujeira e precisem ser higienizados.
No momento da limpeza, são necessários alguns cuidados, para evitar que o equipamento seja danificado pela utilização de produtos ou materiais inadequados.
Por isso, preparamos algumas dicas que orientam a forma correta de mantê-lo limpo, higienizado e funcional para o uso.
Quais equipamentos e acessórios devem utilizados?
Limpeza e manutenção diária: Paredes de inox
O Facilita Saponáceo Cremoso é o produto mais adequado para limpeza de  superfícies de inox, pois forma uma película protetora e garante o brilho por mais tempo.
Como realizar a limpeza:
Aplique o Facilita Saponáceo Cremoso em um pano e/ou flanela limpos e secos.
Passe sobre a superfície, e com auxílio de outro pano/ flanela, lustre as paredes,
para atingir um ótimo resultado de brilho.
Cuidados necessários durante a limpeza:
  • Nunca realize a limpeza com água corrente, pois pode acumular água no poço e danificar  os componentes do equipamento;
  • Não utilize produtos químicos agressivos, como: ácidos, água sanitária, removedores de tinta, ou abrasivos: lixa, palha de aço, esponjas ásperas;
  • Luminárias, botões e indicadores devem ser limpos somente com um pano levemente umedecido em água com detergente neutro.

   Vidros e espelhos
   Vidros e espelhos devem ser limpos com Butterfly Limpa Vidros ou Facilita Limpa Vidros.
   
Como realizar a limpeza:
  • Coloque o produto em um pulverizador, e direcione o jato para o local a ser limpo. Finalize a limpeza com auxílio de panos secos e macios.
  • Marcas de dedos podem ser removidas com um pano macio ou toalha de papel umedecidos. Após esse processo, lustrar com uma flanela limpa e seca.
  • Não é necessário enxaguar.
Soleiras
As soleiras podem ser limpas com o auxílio de um aspirador de pó. Como possuem trilhos para a movimentação das portas, é preciso utilizar um pincel macio, seco e limpo para soltar a poeira.
Após esse processo, o aspirador de pó pode ser utilizado para finalizar a limpeza. Realize esse procedimento em horários de menor fluxo de pessoas, a fim de evitar reclamações, devido ao isolamento dos elevadores.
Caso a limpeza ocorra no final de semana, dê preferência para realizar no período da manhã, sempre deixando um dos elevadores disponíveis para uso.

 

Pisos
Que agradável entrar no elevador e quando a porta se abrir sermos recebidos por uma fragrância de limpeza?
É a hora do Facilita Limpador Perfumado! Para limpeza pesada, utilize o produto pronto uso, juntamente com um pano umedecido com água, para manutenção, a diluição pode ser de até 1/30.
Pronto! Com essas dicas você terá elevadores limpos e conservados por mais tempo para uso e satisfação dos usuários.

 

 

 

 

!!!!!!!!!! DICA EXTRA EM TEMPOS DE PANDEMIA !!!!!!!!!!

Falamos sobre Limpeza de Elevadores, porém, após todo este processo, temos que pensar no mais importante: DESINFECÇÃO!
Para isso, você pode contar com dois excelentes produtos: o Assert HC 200 na diluição de 1:200 e o Facilita Álcool 70º aplicado pronto uso. Aplique com um borrifador em todo o elevador, teto, paredes e pisos. Não esqueça dos botões de acionamento, que devem sempre ser secos com um pano limpo e seco.

 

 

E nunca é demais lembrar:

Sempre que, evite o uso de elevadores, caso utilize, mantenha o distanciamento, use máscaras, mantenha a higienização das mãos e utilize álcool em gel sempre que necessário!
Até a próxima dica 😉

 


CABECALHO-BLOG-2.jpg

Além de ser uma peça decorativa, o sofá também é o móvel querido pelo conforto e os momentos de relaxamento que nos oferece. Não podemos deixar de falar também que o sofá é um item que não trocamos com frequência e, por isso, é preciso mantê-lo sempre conservado para prolongar sua vida útil. A lavagem do sofá não é complicada nem exige muito tempo. Tudo depende do material de que ele é feito, pois vai demandar produtos e cuidados específicos.

Por que é importante lavar o sofá?

Vamos começar explicando porque é importante fazer a lavagem de sofá a seco, mais profunda, e também porque devemos incluir uma limpeza mais superficial na rotina de faxina. O primeiro motivo é relacionado ao aspecto geral do móvel: ter um sofá manchado faz com que todo o ambiente pareça estar sujo e descuidado.

Além disso, o estofado – independentemente do tecido que é fabricado – tende a acumular poeira, bactérias, ácaros e fungos. Esses microrganismos são nocivos à saúde e podem causar problemas respiratórios e alergias.

Fazer a lavagem periódica pode ser sinônimo de economia. Se você não faz uma manutenção periódica com a limpeza, o sofá pode adquirir manchas permanentes, que requerem uma limpeza muito mais vigorosa, que pode acabar danificando o tecido.

A seguir, daremos algumas dicas de como limpar diferentes tipos estofados e mantê-los conservados por muito mais tempo.

Prepare-se para a limpeza

É importante realizar um teste numa área pequena e imperceptível do sofá, e ler as instruções do rótulo do produto indicado antes de iniciar a limpeza.

Para recomendações mais específicas de como limpar o sofá, é preciso consultar a etiqueta dele. Dessa forma você garante não só a limpeza, como também a durabilidade do material. Os estofados costumam vir com uma etiqueta que indica a melhor forma de higienizá-los. São quatro letras (O, W, P e F) que têm os seguintes significados:

O:  o tecido pode ser lavado com água;
W: use apenas pano úmido e produtos específicos;
P:   faça lavagem a seco;
F:   faça a higienização apenas com profissionais.

 

 

  1. Reúna os materiais necessários

Para realizar a limpeza, será preciso utilizar os seguintes equipamentos

  1. Aspire todo o sofá
  • Comece passando um aspirador de pó no estofado. Não esqueça de aspirar entre as almofadas, o encosto e o assento. Esses são os locais que mais acumulam sujeira;
  • Remova as sujeiras mais superficiais, como poeira e migalhas;
  1. Inicie a limpeza

Limpeza manual:

Dilua o GOLD LIMPA CARPETE em um recipiente, na proporção de 1/10, agite até que forme bastante espuma. Mergulhe uma escova de nylon ou escovão somente na espuma. Deixe agir por no mínimo cinco minutos. Após, esfregue, suavemente, limpando pequenas áreas em sentido único na direção das fibras. Remova os resíduos com aspirador ou pano limpo seco. Não é necessário enxaguar.

Limpeza mecânica:

Utilize uma escova de nylon, dilua o GOLD LIMPA CARPETE, na proporção de 1/30, e com auxílio de um borrifador, pulverize o produto diluído na superfície. Esfregue até formar uma espuma intensa. Deixe agir por no mínimo 5 minutos. Retire a espuma suja, com auxílio de um aspirador para líquidos ou máquina extratora. Deixe secar completamente.

Por último, passe o aspirador de pó em um mesmo sentido, a fim de orientar corretamente as fibras.

  1. Dicas úteis para conservar o sofá
  • Lenços umedecidos são grandes aliados na limpeza do sofá;
  • Para manter o estofado limpo por mais tempo, evite se alimentar no sofá;
  • Para evitar manchas de copos, coloque mesas próximas ao sofá ou suportes que podem ser deixados nos braços do mesmo;
  • Higienizadores a vapor são ótimas opções para a limpeza dos estofados;
  • A impermeabilização dos estofados é um método muito útil para sua conservação. Apesar do investimento não ser baixo, o resultado é compensador, principalmente para quem tem crianças em casa.

De quanto em quanto tempo devo limpar o sofá?

A limpeza básica, com aspirador de pó, deve ser feita semanalmente. Dessa forma a poeira, pelos e umidade não se acumularão no sofá. No caso de limpezas pesadas, recomenda-se realizá-las no intervalo de um ano. A limpeza com o GOLD LIMPA CARPETE pode ser realizada sempre que se julgar necessário para manter o estofado limpo e conservado.

Até a próxima dica!


CABECALHO-BLOG.jpg

Um canil limpo e bem cuidado é o local ideal para deixar o cão em segurança, durante alguns períodos do dia.

Porém, é preciso ter alguns cuidados de higiene para preservar a saúde humana e animal, pois esses locais possuem grande contaminação de bactérias, fungos e germes. A escolha dos produtos é fundamental para garantir a higienização do ambiente sem afetar a saúde dos animais. Utilizar produtos inadequados pode causar malefícios aos animais como, irritações nos olhos, patas, narinas e pele, doenças que ocorrem quando se faz o uso de água sanitária e/ou creolina e desinfetantes comuns, que não eliminam todos os microrganismos destes ambientes.

Vamos conhecer todos os procedimentos para realizar a limpeza e desinfecção desses ambientes de forma segura, preservando o bem estar do animal.

Passo a passo de como realizar uma limpeza eficiente em canis

1º PASSO:  Recolha as fezes diariamente, isso vai ajudar a economizar na quantidade de produtos utilizados para a limpeza do local. Além disso, as fezes causam mau cheiro, além de atrair bactérias e insetos.

 

2º PASSO:

Mantenha os recipientes de água e comida sempre limpos, com o Butterfly Detergente Cletex (modo de diluição: pronto uso), excelente na remoção de gorduras e sujeiras. Com pH neutro, não deixa nenhum resíduo químico nas vasilhas dos animais.

 

 

3º PASSO:

Limpe a cama do animal e lave sempre os panos e cobertores utilizados. Realize esse processo toda semana com o Sabão Líquido Facilita, que além de limpar profundamente, deixa um perfume leve e agradável nos tecidos, sem causar qualquer alergia ou danos aos animais, devido ao seu pH neutro.

 

 

4º PASSO:

Chegou o momento de limpar o canil. Antes de iniciar, retire todos os animais do local e os transfira para um ambiente seco e coberto da luz solar. Inicie a limpeza, com o  Gold Limpador Amoniacal, produto especialmente indicado para a limpeza de canis, áreas de serviço, quintais, locais utilizados por animais de estimação e superfícies laváveis em geral. Além de proporcionar uma eficiente limpeza, tem alta ação desengordurante e elimina odores e a proliferação de moscas e mosquitos, através de uma limpeza profunda nos mais variados tipos de pisos e canis. Não danifica o brilho natural da superfície e neutraliza o odor por até 24 horas.

 

 

5º PASSO:

Dilua 1 litro de Gold Limpador Amoniacal em até 20 litros de água. Umedeça a superfície a ser limpa e aplique o produto diluído. Esfregue com uma vassoura, escova, ou fibra de limpeza verde, e em seguida, enxágue com água em abundância. Obs: a indicação de diluição varia de acordo com o tamanho do canil.

 

6º PASSO:

Para manter o ambiente do seu animal com um odor agradável, utilize o Gold Desinfetante, nas fragrâncias mais suaves: Lavanda e Floral. Este produto reduz a percepção de odores desagradáveis nos ambientes e diminui o mau cheiro deixando um suave perfume. Pode ser utilizado em modo pronto uso ou diluído em até 1:30. É importante evitar os desinfetantes com fragrâncias fortes, pois podem deixar o animal doente devido ao alto odor.

 

 

 

Pronto! Com essas dicas você garante um ambiente limpo e seguro para seu pet!

 


DESINFECCAO-DE-AMBIENTES-PARA-ESTABELECIMENTOS-COMERCIAIS-2.jpg

Precisamos de cada vez mais informações importantes sobre higiene e limpeza profissional, principalmente durante a pandemia da Covid-19, para auxiliar os estabelecimentos comerciais neste momento de retomada das atividades, e colaborando para a diminuição do risco de disseminação do novo coronavírus, dividiremos aqui, um pouco do nosso conhecimento e de nossas pesquisas com vocês, nossos amigos, clientes, parceiros e leitores. 

No entanto, por tratar-se de um vírus novo, ainda sem estudos comprovados que atestem seu comportamento, apresentamos medidas imediatas de prevenção e controle de transmissão.

O que você precisa​ SABER e FAZER para​ prevenir o contágio?​

                    • Higienize regularmente as mãos com água e sabonetes líquidos ou álcool gel 70°;​​
                    • Mantenha, pelo menos, 1 metro de distância entre você e outras pessoas;​​
                    • Evite tocar nos olhos, nariz e boca. As mãos tocam inúmeras superfícies e podem carregar o vírus, além de outros microrganismos;​​
                    • Cubra a boca e o nariz quando tossir ou espirrar com lenço descartável. Em seguida, descarte-o imediatamente e higienize as mãos. Caso não tenha disponível um lenço, cubra boca e nariz com o antebraço;​​
                    • Fique em casa se não se sentir bem. Em caso de febre, tosse ou dificuldade de respirar procure atendimento médico. Siga as instruções da autoridade sanitária ou recomendações das autoridades locais e nacionais;​​
                    • Mantenha-se informado sobre a Covid-19 – através de fontes verídicas;
                    • Use máscara (de tecido ou com certificado de aprovação).

Plano de​ CONTINGÊNCIA​

Neste momento, todos os ambientes de circulação de pessoas, tais como: comércio, indústrias, empresas em geral, estabelecimentos de ensino, supermercados, condomínios, residências, meios de transporte e ambientes de serviços públicos, devem adotar protocolos de limpeza mais rígidos e frequentes para evitar a possível disseminação do vírus.

Tratando-se dos protocolos de limpeza, especificamente, é preciso que sejam tomadas as medidas de prevenção e controle de infecção pelos profissionais, bem como a execução de limpeza e desinfecção dos ambientes para reduzir ao máximo a transmissão do novo coronavírus.

TREINAMENTO para CONSCIENTIZAÇÃO das EQUIPES operacionais de LIMPEZA 

Uma parte fundamental no processo emergencial da pandemia pelo novo coronavírus, é o treinamento e a capacitação dos colaboradores, que deve seguir as diretrizes do Ministério da Saúde, OMS e ANVISA. 

É imprescindível a orientação constante de todos os profissionais para a prevenção da transmissão de agentes infecciosos.​​

Desta forma, as equipes devem proceder à limpeza (procedimentos para remoção de sujidades) e desinfecção (processos que visam reduzir a carga microbiana nas mais diversas superfícies com a utilização de produtos devidamente regulamentados) em todos os ambientes como medida preventiva.​​

A utilização de EPI´s é obrigatória para a realização dos processos e todos os colaboradores devem ser treinados para utilizá-los corretamente. É preciso alertar também para a colocação dos dispositivos para proteção respiratória.

Outro ponto importante, é nomear um supervisor durante a realização das tarefas para orientar as equipes. Desta forma, os principais pontos de atenção do observador devem ser:

      • Garantir colocação e retirada dos EPIS de forma correta;
      • Garantir que os procedimentos adotados sejam seguidos;
      • Garantir o uso de equipamentos corretamente, exemplos: panos de limpeza; rodos, mops pó, mops úmidos, escovas/esfregões etc.;
      • Garantir o atendimento correto em caso de acidente/incidente seguindo as informações contidas nos rótulos dos produtos;

EPI’S – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PARA EQUIPE DE LIMPEZA

 

    • Máscara (de tecido ou com CA – Certificado de aprovação);
    • Luvas;
    • Óculos de segurança;
    • Botas ou calçados de trabalho fechados;
    • Uniforme ou aventais fechados.

Atenção à​ CONTAMINAÇÃO CRUZADA​

Contaminação cruzada é quando há a transferência de contaminantes de um local, superfície ou alimento para outras superfícies através de utensílios, equipamentos e mãos.​ Desta forma, as áreas de maior fluxo ou contato com as mãos devem ser rigorosas. A partir deste conceito, as equipes devem atentar para pontos de contaminação cruzada e reforçar o procedimento de limpeza e desinfecção. 

PRODUTOS QUÍMICOS

Trataremos aqui dos produtos químicos: limpadores e desinfetantes, uma vez que o protocolo recomendado é a higienização das superfícies, ou seja, a limpeza seguida da desinfecção.

Ainda não existem estudos que sinalizem produtos específicos para combater o coronavírus, contudo, a indicação é que para todos os ambientes sejam adotadas medidas mais cuidadosas de higienização, isto é, realizar a limpeza, para a remoção de sujidade com produtos detergentes, limpadores e multiusos e a desinfecção, para a eliminação de microrganismos, com a utilização de produtos desinfetantes de uso geral, tais como: hipoclorito de sódio, álcool 70% e água sanitária ou qualquer desinfetante de uso geral para superfícies, que tenham a eficácia antimicrobiana comprovada, respeitando a diluição e tempo de contato informados nos rótulos pelos fabricantes. 

É recomendável que os produtos químicos utilizados nos procedimentos de limpeza e desinfecção de superfície dos ambientes contenham as instruções no rótulo, forma de utilização, número de registro (ou número de notificação) na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a categoria de uso, para garantir a sua eficácia.​​

Produtos recomendados nos processos de limpeza:​

  • Detergentes;
  • Limpadores;
  • Limpadores dois em um (limpeza + desinfecção);
  • Multiuso.​​

Produtos recomendados nos processos de desinfecção:

  • Água Sanitária ou Hipoclorito de Sódio;
  • Desinfetantes de uso geral;
  • Qualquer desinfetante devidamente registrado na ANVISA, que possua ação antimicrobiana comprovada.​​

A seguir os produtos indicados para o processo de limpeza e desinfecção de ambientes.

Produtos recomendados nos processos de limpeza: Detergentes

Max PINE Detergente Desengordurante

Com óleo de pinho

Diluição:

Limpeza pesada 1/200

Limpeza leve 1/400

 

Max Detergente Neutro – Alta ação desengordurante

Diluição:

Limpeza pesada 1/50

Limpeza leve 1/100

Manutenção 1/200

 

Produtos recomendados nos processos de limpeza: Limpadores

Max Limpador Concentrado – Multilimpador perfumado

Diluição:

Limpeza pesada 1/100

Limpeza leve 1/200

Manutenção 1/300

 

Max Limpa Porcelanato – Realça o brilho por mais tempo

Diluição:

Limpeza pesada 1/20

Limpeza média 1/50

Limpeza leve 1/100

 

 Max Limpador Neutro​ – Alta Performance​​

Diluição:​

Limpeza pesada 1/50​

Limpeza leve 1/100​

Manutenção 1/200

Max Flotador – Limpeza a seco

Diluição:

Limpeza pesada 1/2

Limpeza média 1/10

Limpeza leve 1/20

 

PRODUTO RECOMENDADO NO PROCESSO DE DESINFECÇÃO

Devidamente registrado na ANVISA, formulado com quaternário de amônio, um potente ativo para desinfetar e manter ambientes sempre higienizados.

Seu princípio ativo de amplo espectro de atuação, confere ação bactericida comprovada contra bactérias como: Staphylococcus aureus, Salmonella e Pseudomonas aeruginos

Max Desinfetante Desinfeta e perfuma em 4 fragrâncias.

Diluição: Desinfecção 1/5 | Limpeza geral 1/100 | Manutenção 1/200

 

Equipamentos e Acessórios de Limpeza

Os equipamentos são uma parte fundamental nos processos de limpeza. Por serem ergonômicos, sua correta utilização melhora a produtividade e a qualidade da limpeza, além de diminuir o desgaste físico dos usuários. Abaixo, segue a relação dos principais itens:

  • Sinalizador de área interditada;
  • Sistema Mop: Úmido (lavável, semi-descartável e descartável) e Seco (varrição, lavável e descartável). Obs: refis laváveis, na composição microfibra, tem maior poder de captação de sujidade.
  • Baldes espremedores/ baldes comuns;
  • Suporte limpa-tudo
  • Fibras (macia, uso geral, serviço pesado);
  • Panos de limpeza (microfibra, algodão, descartáveis – exemplo: TNT);
  • Rodo e pá coletora;
  • Borrifadores;
  • Enceradeiras;
  • Lavadoras automáticas de pisos;
  • Aspiradores de pó e líquidos com filtro.

Limpeza e Sanitização de Ambientes.

ATENTE-SE: A limpeza e a desinfecção dos locais, devem acontecer em um único sentido, nunca em movimentos circulares ou de vai e vem para evitar espalhar a contaminação sobre as superfícies. É de suma importância que a equipe operacional tenha conhecimento deste processo.

SEQUÊNCIA E PROCEDIMENTOS DE LIMPEZA:

De modo geral, os processos devem seguir as etapas de acordo com as áreas a serem

Higienizadas, a limpeza é classificada em 3 tipos:

  1. Limpeza seca                  2. Limpeza úmida                   3. Limpeza molhada

Inicie a limpeza da área menos suja para a mais suja:

  • Faça a varredura úmida com mop ou rodo e pano de limpeza, umedecidos com solução de produto de limpeza já diluído;
  • Inicie o processo de limpeza e desinfecção pelas paredes, vidros, superfícies, objetos e por último, o piso;
  • Áreas de contato direto devem ter atenção especial na frequência da limpeza e superfícies sem contato direto como teto, luminárias, entre outras, devem ser higienizadas de acordo com a necessidade de cada estabelecimento.

Áreas, Produtos e Métodos de Sanitização.

Destacamos alguns exemplos por área, com produtos e métodos de limpeza durante a pandemia para auxiliar no procedimento correto de limpeza e desinfecção dos ambientes em geral.

Lembrando que o mais recomendável é o aumento da frequência dessa limpeza em todas as áreas de contato, a fim de prevenir a contaminação.

Atenção!!!!!!!!!!!!! Pontos Contaminantes nos Ambientes

Válvula de descarga, torneiras, maçanetas, dispensers de sabonetes, dispensers de papel higiênico, lixeiras, botões de elevador, papeleiras, mouses, teclados, máquinas de cartão, interruptores ou quaisquer outras superfícies de alto contato.

Cuidados Importantes

  • Os panos utilizados na limpeza do piso NÃO devem ser utilizados em outras áreas. Para isso recomenda-se fazer diferenciação por cores ou utilizar formas descartáveis;
  • Luvas e panos utilizados para a limpeza do banheiro deverão ter seu uso restrito SOMENTE AO BANHEIRO. Para isso recomenda-se fazer diferenciação por cores ou utilizar formas descartáveis;
  • Para limpeza mais profunda de superfícies em geral, pode-se substituir os panos de limpeza por fibras de limpeza que possuem maior ação mecânica.

Caso o estabelecimento não possua estrutura para higienização de panos de limpeza e mops, os mesmos podem ser transportados em sacos plásticos fechados (para que não haja o risco de contaminação cruzada) até um local que possa ser realizado a higienização deles por método manual ou máquina de lavar, lavando separadamente de roupas e outros itens de uso pessoal.

CUIDADOS COM OS MATERIAIS 

Após a conclusão dos procedimentos operacionais de limpeza nos locais, recomendamos lavar as luvas com água e sabonete líquido, caso elas sejam reutilizáveis (látex e nitrílica), antes de fazer a retirada do EPI. Para as luvas descartáveis realizar a retirada corretamente e descartá-las.

Em caso de dúvidas sobre os produtos da Linha Max ou higiene e limpeza profissional, consulte nossas plataformas digitais.

www.audaxco.com

Até a próxima!

 


CABEÇALHO-BLOG-1-1.jpg

Você sabia que o Coronavírus sobrevive nas superfícies, e em algumas delas, pode permanecer ainda mais tempo?

São elas:

Aço inox, plásticos, acrílicos e tecidos.

Nestas superfícies o vírus pode resistir por até três dias.

Para que o mesmo não se propague, devemos utilizar produtos de higiene e limpeza específicos e com ação bactericida, dessa forma, o vírus não resistirá mais que dois minutos sobre as superfícies.

Produtos para Desinfecção em Superfícies Aço Inox

Desinfecção em Superfícies Aço Inox

Modo de uso para desinfecção semiúmida

Diluir o produto na proporção para desinfecção, colocar em um recipiente (borrifador ou balde), umedecer a flanela limpa ou mop (nunca aplicar a solução direto na superfície), espalhar sobre a superfície a ser limpa, deixar agir por 5 a 10 minutos, após, se necessário, com uma esponja ou fibra de baixa abrasividade realizar a ação mecânica, em seguida com outra flanela umedecida somente com água, retirar o excesso.

ATENÇÃO: Se utilizar desinfetantes, deixar secar naturalmente, se utilizar o detergente clorado, deve-se repetir o processo de limpeza semiúmida com flanela umedecida só com água por 3x para tirar o excesso residual do cloro

Modo de uso para desinfecção úmida

Diluir o produto na proporção para desinfecção em um recipiente (borrifador ou balde), umedecer a flanela limpa ou mop (nunca aplicar a solução direto na superfície), espalhar a solução sobre a superfície a ser limpa, deixar agir por 5 a 10 minutos, após, se necessário, com equipamentos como máquinas lavadoras, mops ou LTs, realizar a ação mecânica e em seguida enxaguar.

ATENÇÃO: Se utilizar desinfetantes, deixar secar naturalmente, se utilizar o detergente clorado, deve-se repetir o processo de limpeza semiúmida com flanela umedecida só com água por 3x para tirar o excesso residual do cloro.

   Produtos para Desinfecção em Superfícies Plásticas e Acrílicas

 

  • Assert HC 200 na Diluição 1/200
  • Concentrax Desinfetante na Diluição 1/15
  • Max Desinfetante na Diluição 1/5
  • Gold Detergente Clorado na Diluição 1/30
  • Butterfly Hipoclorito de Sódio na Diluição 1/2,5
  • Gold Desinfetante  – Pronto Uso
  • Butterfly Desinfetante – Pronto Uso
  • Facilita Desinfetante – Pronto Uso
  • Facilita Álcool Líquido 70°Pronto Uso

 

Desinfecção em Superfícies Plásticas e Acrílicas

Modo de uso para desinfecção semiúmida

Diluir o produto na proporção para desinfecção,  colocar em um recipiente (borrifador ou balde), umedecer a flanela limpa ou mop (nunca aplicar a solução direto na superfície), espalhar sobre a superfície a ser limpa, deixar agir por 5 a 10 minutos, após, se necessário, com uma esponja ou fibra de baixa abrasividade realizar a ação mecânica, em seguida com outra flanela umedecida somente com água, retirar o excesso.

ATENÇÃO: Se utilizar desinfetantes, deixar secar naturalmente, se utilizar o detergente clorado, deve-se repetir o processo de limpeza semiúmida com flanela umedecida só com água por 3x para tirar o excesso residual do cloro.

Modo de uso para desinfecção úmida

Diluir o produto na proporção para desinfecção em um recipiente (borrifador ou balde), umedecer a flanela limpa ou mop (nunca aplicar a solução direto na superfície), espalhar a solução sobre a superfície a ser limpa, deixar agir por 5 a 10 minutos, após, se necessário, com equipamentos como máquinas lavadoras, mops ou LTs, realizar a ação mecânica e em seguida enxaguar. ATENÇÃO: Se utilizar desinfetantes, deixar secar naturalmente, se utilizar o detergente clorado, deve-se repetir o processo de limpeza semiúmida com flanela umedecida só com água por 3x para tirar o excesso residual do cloro.

  Produtos para Desinfecção em Tecidos

  • Assert HC 200 na Diluição 1/200
  • Gold Detergente Clorado na Diluição 1/30
  • Butterfly Hipoclorito de Sódio na Diluição 1/2,5          
  • Facilita Água Sanitária Pronto Uso (Alvejante)
  • Facilita Álcool Líquido 70° – Pronto Uso

Desinfecção em Tecidos 

Modo de uso para desinfecção semiúmida

Diluir o produto na proporção para desinfecção,  colocar em um recipiente (borrifador ou balde), umedecer a flanela limpa ou mop (nunca aplicar a solução direto na superfície), espalhar sobre a superfície a ser limpa, deixar agir por 5 minutos, após, com uma esponja, escova ou fibra de baixa abrasividade, realizar a ação mecânica e sentido único (de cima para baixo), e em seguida com outra flanela umedecida somente com água, retirar o excesso.

ATENÇÃO: No processo de limpeza semiúmida: Ao utilizar os produtos clorados, deve-se repetir o processo de limpeza com a flanela umedecida só com água por 3x para tirar o excesso residual do cloro. Na utilização do álcool líquido, após a limpeza, deixar secar naturalmente.

Desinfecção em Superfícies Laváveis 

Tipos de Superfícies Laváveis

As superfícies laváveis são aquelas que podem ser molhadas com água em abundância, podendo esfregar, com mops, lts de alta e média abrasividade, maquinários e lavadoras de alta pressão, estas superfícies são:

Pisos, paredes, azulejos, cerâmicas, porcelanatos, mármores, pisos de cimento polido queimado, ardósia, marmorite, granilite, e demais pisos frios.

E para que o vírus não seja contraído por outros usuários que necessitam estar no mesmo ambiente, alguns produtos são essenciais no processo de desinfecção contínua.

Desinfecção em Banheiros

Para complementar o estudo, uma agência de notícias francesas a AFP, divulgou que cientistas chineses descobriam que o coronavírus é eliminado nas fezes de pessoas infectadas, e o mesmo se prolifera em forma de poeira, podendo se espalhar pelo banheiro onde resiste por até 90 minutos neste ambiente.

E para que o vírus não seja contraído por outros usuários dos banheiros, alguns produtos são essenciais para desinfecção e são utilizados no processo de limpeza concorrente e limpeza terminal de banheiros.

Produtos que agem no combate à microrganismos nocivos aos seres humanos são chamados de antimicrobianos e geralmente divididos entre bactericidas e bacteriostáticos, nestes dois conceitos, temos:

Ação Bactericida: Um produto é classificado como bactericida quando causa a morte de bactérias, em até 99,99%, através de mecanismos como inibição irreversível da replicação do DNA.

Ação Bacteriostática: Um produto é classificado como bacteriostático quando inibe o crescimento destas bactérias na superfície, sendo necessária limpeza frequente para a não proliferação das mesmas (tarefa do sistema imunológico na presença de organismos infecciosos no corpo humano).

 Conceitos de tipos de limpeza:

Limpeza concorrente de banheiros: É o processo de limpeza realizado diariamente. Esta limpeza é semiúmida e menos completa, sem necessidade de uso de equipamentos ou máquinas, com produtos concentrados nas diluições para limpeza leve ou geral. Esta limpeza pode ser realizada com mops, rodos, escovas e fibras, sem necessidade de enxágue.

Limpeza terminal de banheiros: É o procedimento de desinfecção de todas as superfícies da área, objetivando a redução da sujidade e consequentemente da população microbiana, reduzindo a possibilidade de contaminação ambiental, usa- se maquinários, Lts, fibras para uma ação mecânica de alta performance com produtos pronto uso ou com concentrados na diluição de desinfecção (ação bactericida- que eliminará 99,99% dos microrganismos).

Modo de uso com produtos concentrados:

Diluir o produto na proporção para desinfecção em um recipiente (borrifador ou balde), umedecer a flanela limpa ou mop (nunca aplicar a solução direto na superfície), espalhar a solução sobre a superfície a ser limpa, deixar agir por 10 minutos, após, se necessário, com equipamentos como máquinas lavadoras, mops ou LTs, realizar a ação mecânica e em seguida enxaguar.

Modo de uso com produtos pronto uso:

Colocar o produto em um recipiente (borrifador ou balde), umedecer o mop (nunca aplicar a solução direto na superfície), espalhar a solução sobre a superfície a ser limpa, deixar agir por 10 minutos, após, se necessário, com equipamentos como máquinas lavadoras, mops ou LTs, realizar a ação mecânica e em seguida enxaguar.

Quer saber mais sobre  nossa linha de produtos? Acesse audaxco.com

 


172e2bf9967f83df69717b4b1192246e-1280x548.jpg

Sobre a retomada, como tem sido?

Temos percebido as pessoas com medo, um pouco confusas, inseguras e às vezes até um pouco perdidas, sem saber direito o que fazer.

Aos poucos, a vida vai voltando, ou tentando voltar, ao “normal”. Um normal assim, entre aspas, com várias restrições e cheio de protocolos de segurança.

A pandemia não é uma guerra usual, com começo, meio e fim, que quando termina, as pessoas se abraçam e comemoram juntas. Não sabemos o que esperar, são muitas incertezas, até que surjam novas respostas científicas, estamos vivendo um dia de cada vez.

A grande maioria das pessoas, depois do tempo de resguardo de quarentena, não se sente mais confortável em multidões ou em estabelecimentos muito cheios.

São tantas preocupações e cuidados,  que fica difícil aproveitar os momentos. Quem estava em isolamento, cuidava do seu espaço particular do seu jeito e se protegia, agora, essa responsabilidade passa a ser observada também nos estabelecimentos que estão reabrindo.

E sobre a responsabilidade na higiene e desinfecção dos estabelecimentos institucionais?                                                                                                                                             

Essa responsabilidade cresce a cada dia.

Os cuidados com limpeza, higienização e desinfecção serão observados com muita atenção pelos clientes antes da escolha do estabelecimento, tornando-se parte fundamental do processo.

Tão importante quanto o estabelecimento oferecer bom atendimento, preço justo, produtos de qualidade, serviços ou itens inovadores, a limpeza e a desinfecção do ambiente passaram a ser um diferencial competitivo entre os estabelecimentos que atendem ao público em geral.

Para te ajudar nesta retomada, criamos um material exclusivo e gratuito com indicação dos melhores produtos e ações que serão essenciais nos processos de limpeza e desinfecção de ambientes com grande circulação de pessoas. São 8 produtos destinados a desinfecção: desinfetantes com quaternário de amônio, produtos para uma eficiente assepsia das mãos, álcool gel 70, clorexidina, hipoclorito de sódio, detergentes clorados de alto desempenho, sanitizante de frutas e verduras. Clique aqui e vem ver! 

 


CABEÇALHO-BLOG-15.06.jpg

Tapetes Pedilúvio ou Tapetes Sanitizantes As epidemias acenderam o alerta: Tapetes Sanitizantes são indicados como uma das principais ferramentas de combate a contaminação microbiológica, carregada pelos nossos calçados para dentro de indústrias, empresas, igrejas, comércios, shoppings, hospitais, condomínios, e todo tipo de áreas de alto tráfego em geral. Também é indicado para residências e demais ambientes onde deseja-se conter a contaminação. São tapetes emborrachados que retém uma solução desinfetante, potente o suficiente para sanitizar os solados dos calçados, eliminando eventuais vírus, bactérias, microrganismos e outros agentes contaminantes, nocivos à saúde.


CABEÇALHO-BLOG-10.06.jpg

A Guerra contra o Coronavírus foi declarada!

O que você precisa saber:

Qual a origem do vírus?

O novo vírus é apontado como uma variação da família Coronavírus.

Os primeiros deles foram identificados em meados da década de 1960, de acordo com o Ministério da Saúde.

Temporariamente, recebe a nomenclatura de 2019-nCoV.

A doença provocada pela variação originada na China foi nomeada oficialmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como COVID-19.

Ainda não está claro como ocorreu a mutação que permitiu o surgimento do novo vírus.

Como o coronavírus é transmitido?

Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém contaminado pelo vírus está em risco de ser exposta à infecção.

Além disso, a transmissão do coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • gotículas de saliva;
  • espirro;
  • tosse;
  • secreções;
  • contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

ATENÇÃO!!!

O vírus COVID-19 pode sobreviver por até cinco dias, em materiais como vidro, alumínio, papel, plástico, etc.

No entanto, este período pode se estender por até nove dias, caso a temperatura local seja baixa e a umidade seja alta.

A melhor forma de se proteger é higienizar estas superfícies, principalmente se elas estiverem em locais públicos.

Higienização ambiental  e lavagem das mãos são cuidados básicos que evitam o contágio de pessoa para pessoa.

LAVE SUAS MÃOS!

Sempre que tiver qualquer contato físico, principalmente em locais públicos, as mãos devem ser higienizadas, uma, duas, ou quantas vezes forem necessárias!

A lavagem das mãos precisa durar ao menos 20 segundos e inclui ensaboamento, esfregamento, limpeza dos polegares e pulsos, enxágue e secagem em toalha limpa ou de papel.

Vírus, do tipo do coronavírus, possuem uma proteção externa que é uma camada lipídica, de gordura. O uso de sabonete, funciona como um desengordurante nestes casos, eliminando essa camada, enfraquecendo o vírus.

HIGIENIZAR AS MÃOS:

  • Reduz entre 23% a 40%, o número de pessoas que ficam doentes com diarreia.
  • Reduz em até 58% os problemas com doenças intestinais em pessoas com sistema imunológico enfraquecido.
  • Reduz entre 16% a 21% as doenças respiratórias, como resfriados, na população em geral.
  • Reduz entre 29% e 57% as faltas escolares de crianças e adolescentes por doença gastrointestinal.

NÃO TENHO ONDE LAVAR, E AGORA?

O uso de álcool gel para higiene das mãos como prevenção ao coronavírus é eficaz. O álcool etílico (etanol) é um eficiente desinfetante de superfícies/objetos e antisséptico de pele.

Para este propósito, o grau alcoólico recomendado é 70%, condição que propicia a desnaturação de proteínas e de estruturas lipídicas da membrana celular, e a consequente destruição do microrganismo.

O etanol age rapidamente sobre bactérias vegetativas (inclusive microbactérias), vírus e fungos, sendo a higienização equivalente à lavagem de mãos com sabão comum ou alguns tipos de antissépticos.

ALL CLEAN ÁLCOOL GEL 70°

Produto balanceado que, além de higienizar, não resseca as mãos. Tem em sua formulação extrato natural de Aloe Vera e secagem rápida, evitando a proliferação de bactérias. Ideal para assepsia e limpeza das mãos em ambientes que exigem higienização eficiente. Indicado para assepsia das mãos, é um excelente bactericida. Especialmente recomendado para ambientes como cozinhas industriais, hospitais, comércio, escolas, indústrias alimentícias, clínicas, pet shops e consultórios. Não possui fragrância.

O papel do produto químico na desinfecção ambiental

O vírus possui uma cápsula de gordura protetora, e a limpeza com produtos saneantes retira a cápsula e mata o vírus. O uso de produtos químicos específicos e de alta performance se faz necessário para higienizar e desinfetar efetivamente superfícies, pisos, paredes, azulejos, cerâmicas, vidros, banheiros, portas e maçanetas, móveis de aço, etc, de modo realmente eficaz. É importante seguir todas as instruções e recomendações dos fabricantes já que produtos químicos têm particularidades de tempo de ação, diluição e tipo de aplicação bem específicas.

Desinfecção para Superfícies e Artigos Não Críticos

A assepsia nos hospitais deve ser redobrada, com atenção às maçanetas, botões, mesas de cabeceira, armações de cama e outros objetos nas proximidades dos pacientes, que geralmente são de metal ou plástico. Tendo em vista que estes ambientes são propensos a algum tipo de contaminação é necessária a antissepsia com agentes químicos específicos com o propósito de higienização e desinfecção eficiente. Pensando na biossegurança de pacientes, usuários, e profissionais que atuam nas áreas de saúde, foi desenvolvido o Assert HC200 – um Desinfetante Hospitalar que atua de forma eficiente diretamente em microrganismos e bactérias, proporcionando excelentes resultados no processo de higienização e desinfecção, deixando os locais livres de contaminações.

Indicado especialmente para hospitais, clínicas médicas e odontológicas, consultórios, ambulatórios, unidades de saúde, clínicas veterinárias e de estética, o Desinfetante Hospitalar ASSERT HC200 é um limpador que combate microrganismos patogênicos ao homem.

À base de quaternário de amônio de 5ª geração, um composto anti-microbiano que possui atividade desinfetante poderosa e aditivos especiais, o Assert HC200 tem excelente ação de desinfecção para superfícies e artigos não críticos.

Tem comprovada ação de desinfecção frente às bactérias: Staphylococcus aureaus, Salmonella choleraesuis, e Pseudomonas aeruginosa. Pode ser utilizado em qualquer superfície ou área que exija desinfecção e limpeza, tais como: pisos com e sem tratamento, paredes, azulejos, cerâmicas, vidros, banheiros, portas, móveis de aço.

Para desinfecção a diluição é de 1/200, já para limpeza geral indica-se a diluição de 1/400.

DESINFECÇÃO:

Desinfetantes com Quaternário de Amônio

Desenvolvidos com alto teor de ativo, para desinfetar, limpar e manter a higienização de ambientes em geral. Indicado para limpeza e desinfecção de superfícies laváveis, como: pisos, sanitários, azulejos, ralos, superfícies pintadas esmaltadas, cozinhas, áreas externas, limpeza geral de ambientes internos e mármores.Tem comprovada eficiência contra bactérias como: Staphylococcus aureus, Salmonella e Pseudomonas aeruginosa.

DESINFECÇÃO:

Hipoclorito de Sódio

Produto com forte ação desinfetante e bactericida, com 5% de cloro ativo. Para uma limpeza perfeita e profunda. Indicado para desinfetar ralos, lixeiras, vasos sanitários, banheiros, pisos não tratados, mármores, louças sanitárias, vidros, cerâmicas, azulejos em geral. Para desinfecção, diluição 1/2,5

DESINFECÇÃO:

Detergente Clorado

Excelente desengordurante com ação bactericida. Produto desenvolvido para desinfecção, limpeza e clareamento das superfícies em ambientes de fluxo alto, médio e baixo. Possui agentes de alto poder de remoção nas sujidades gordurosas e manchas impregnadas. Tem comprovada eficiência contra bactérias como: Staphylococcus aureus, Salmonella e Pseudomonas aeruginosa. Indicado para desinfetar ralos, lixeiras, vasos sanitários, banheiros, pisos não tratados, mármores, louças, vidros, cerâmicas, azulejos e utensílios de polipropileno. Ideal para cozinhas industriais, para as áreas de não manipulação de alimentos e para clínicas e hospitais, para as áreas não críticas e semi-críticas. Para desinfecção, diluição 1/30.

LIMPEZA:

Limpador Concentrado com Peróxido de Hidrogênio

Prático e versátil, para todos os tipos de superfícies laváveis. Produto a base de Peróxido de Hidrogênio, que limpa através de uma reação química em contato com as sujeiras, formando pequenas bolhas efervescentes, que auxiliam na remoção da sujidade. Indicado para pisos laváveis, lonas, azulejos, paredes laváveis, rejuntes, superfícies com mofo, tecidos e estofados claros (poder alvejante), dentre outros.

Quer saber mais sobre os nossos produtos? Acesse audaxco.com

 

 


Telefones

Matriz: (19) 3515-5000
SP: (11) 3014-0307
RJ: (21) 3512-0715

Filial Recife
(81) 3372-1779
(81) 3372-4034
(81) 3487-0388
(81) 99185-4979
(81) 99257-1848
(81) 99183-0430

Localização

Matriz
Rua José Ferragut, 03 – Capela
Vinhedo – SP – CEP: 13285-742

Filial Recife
Rua da Linha, 3573 – Mirueira
Paulista – PE – CEP: 53405-640

AudaxGo Logística
Rod. Eng Miguel Melhado, 51
KM 78 da Via Anhanguera
Vinhedo – SP – CEP: 13288-003